Burpee: o exercício que todo mundo odeia praticar, mas faz milagres pelo corpo

burpee exercicio treino 0916 1400x800
Mihai Blanaru/shutterstock

Bastante conhecido por praticantes de crossfit, o burpee é um exercício bastante complexo e, apesar de não contar com nenhum acessório, trabalha diversas partes do corpo, queima calorias e define músculos. Por exigir grande esforço, costuma até mesmo ser odiado por muitos, mas saiba que sobram razões para incluir a atividade no treino.

Benefícios do burpee

exercicios flexoes bracos 0716 630x350
Jasminko Ibrakovic/Shutterstock

Atividade que trabalha o corpo inteiro, o burpee ajuda a construir força e resistência, aumenta a frequência cardíaca e pode queimar cerca de 300 calorias em apenas 30 minutos. Além disso, o treino ainda auxilia no equilíbrio e na coordenação.

Apesar de ser cansativo e exigente, o burpee ainda pode ser boa opção para quem tem pouco tempo de sobra para se exercitar. Separar alguns minutos do dia para praticar a atividade, que pode ser feita em qualquer lugar, até mesmo em casa, já garante bons resultados.

Burpee: como fazer o exercício que emagrece

A atividade começa em posição de agachamento, com as mãos apoiadas no chão. Em seguida, jogue as pernas para trás e volte para a posição de agachamento, finalizando com um salto com os braços levantados para cima. Confira em detalhes no vídeo abaixo:

Origem do burpee

Segundo o dicionário Oxford, o exercício recebeu este nome em 1930 por causa do médico norte-americano Real H. Burpee, que desenvolveu o treino. O PhD em fisiologia pela Universidade de Columbia criou o exercício como parte de sua tese de doutorado como uma maneira rápida e simples para avaliar a aptidão física das pessoas.

A atividade foi popularizada quando as Forças Armadas dos Estados Unidos a adotaram como uma forma de avaliar o nível de força, agilidade e coordenação dos recrutas durante a Segunda Guerra Mundial. 

Exercícios que não precisam de academia