pop

Juliette ainda sofre com consequências da fama: "Queria ser quem eu era antes"

juliette crianca esperanca 0821 1400x800
Reprodução/globoplay

Juliette Freire conquistou incontáveis brasileiros e saiu vitoriosa do BBB21 com direito a R$ 1,5 milhão e muitas oportunidades na mídia. Do anonimato para a fama, a paraibana relatou dificuldades sérias de se adaptar ao mundo das celebridades, chegando a afirmar, em entrevistas, que tinha se perdido da sua essência: "Queria ser quem eu era antes".

Juliette sofreu com a fama após o BBB21

juliette choque final bbb21 1400x800 0521
Reprodução/ Globoplay

Antes mesmo de deixar a casa mais vigiada do Brasil, Juliette se tornou um fenômeno nas redes sociais, superando até mesmo outras famosas que passaram pelo reality da Globo, como Sabrina Sato e Grazi Mazzafera, sendo procurada por mais de 100 marcas ainda no confinamento, conforme revelou sua equipe ao VIX.

O problema é que toda essa visibilidade veio acompanhada de consequências bem negativas na visão da ex-BBB. Em seus primeiros meses como celebridade, Juliette enfrentou crises de ansiedade, teve que lidar com muita pressão e acabou se deixando tomar por esse sentimento de medo, nas palavras dela.

"Estou vendo a proporção da rede social, do que eu falo, do que eu faço, mas ainda estou com muito medo. Se eu pudesse real, eu isolaria os sentimentos de tudo que passei e viveria só a parte mágica, da alegria, de gravar, ainda estou misturando as coisas", declarou, em entrevista ao canal do Hugo Gloss em maio.

juliette entrevista hugo gloss 1400x800 0521
Reprodução/ YouTube

"O que aconteceu comigo foi que foi tudo muito rápido, algumas coisas que eu tinha medo da vida eu enfrentei de uma forma muito rápida, eu perdi o chão, eu não sabia lidar. Nem sempre comigo, mas entre as pessoas, eu via coisas que me desagradavam e fiquei aterrorizada", acrescentou a campeã do BBB21.

O processo psicológico ficou mais intenso no início, mas a ex-BBB foi aprendendo a lidar com os fãs e o tumulto. "Eu me assustava muito com o caos, com um monte de gente, barulho, eu queria ouvir cada um, mas não dava, porque tinham 10, 20, todos falando ao mesmo tempo, me deixava agoniada. Agora não, agora o segurança organiza, eu posso falar com um por um".

Juliette precisou visitar o psicólogo duas vezes por semana para tentar digerir sua nova fase e adiou o lançamento de músicas autorais. A famosa confessou em entrevista ao jornal Extra que tinha medo de se comunicar com o público para não ser mal interpretada: "Tenho receio de usar uma palavra errada. Eu me assusto com o poder da minha opinião e as consequências dela".

juliette look 0821 2 1400x934
Webert Belecio/AgNews

Em julho, quando faz dois meses que deixou o reality, Juliette declarou, ao blog Garotas Estúpidas, que tinha entendido o lado não romantizado da fama. "Celebridade é uma pessoa que os outros admiram, que as pessoas se espelham e tem alguma coisa boa a acrescentar, dá esperança, sonhos. Eu acho que é tipo isso. Agora eu vejo de uma forma mais humanizada e menos romantizada”.

Quando o Globoplay lançou o documentário "Você Nunca Esteve Sozinha", Juliette aparece chorando em uma das cenas, quando fala sobre ser famosa. "Não consigo ser amiga como eu era antes, não consigo ser filha como eu era antes. Não consigo ser irmã como eu era… Não consigo ser muita coisa que eu era antes. É um pouco angustiante".

"Tem uma equipe de muitas pessoas, e cada uma vai cobrar porque é o trabalho dela. O fotógrafo vai cobrar a foto legal, o vídeo vai cobrar um vídeo legal, o doc? a música, uma publicidade. Todo mundo tem o seu pedacinho. Mas todos esses pedacinhos são tirados de mim. Esse é o peso de uma vida artística", explicou a paraibana.

juliette look 0821 1400x800 1
Webert Belecio/AgNews

Hoje em dia, Juliette ainda lida com as consequências negativas de deixar o anonimato. Uma das mais difíceis de lidar diariamente é o cansaço físico e mental pela agenda cheia de trabalhos, ensaios e gravações. "Meu corpo está pesado", lamenta a ex-BBB, em imagens do documentário. "Fico com medo de falar e parecer que não estou feliz, que não estou satisfeita".

Convidada por Huck para um "Domingão", pouco tempo após a estreia do apresentador, Juliette disparou que sente saudade da vida antes da fama, muito mais tranquila do que sua rotina atualmente. "Muitas vezes eu gostaria de voltar a ser a pessoa que eu era antes. Eu tenho saudade de ter a tranquilidade que eu tinha antes".

Em entrevista para a Vogue, em setembro, seis meses após sua vitória, Juliette contou ainda que não hesita em negar propostas que não se identifique. "Não entrei em um reality show para me tornar escrava de nada, para mudar quem sou. Não sou um produto ou um objeto. Sei que essa vida nos direciona para isso, mas luto diariamente para que não aconteça".

Juliette Freire após o BBB21