pop

7 ex-paquitas que viraram atriz: quase ninguém se lembra delas ao lado de Xuxa

Além do privilégio de conviver e trabalhar com Xuxa, as jovens que foram assistentes de palco da apresentadora podiam aproveitar a exposição na mídia para tentar sair da sombra da Rainha dos Baixinhos e trilhar um caminho próprio na carreira artística.

E algumas delas ficaram tão famosas que você nem lembra mais que um dia elas foram apenas coadjuvantes em um programa de TV. Veja as ex-paquitas que viraram atriz e ficaram famosas:

Paquitas que são atriz hoje em dia

Monique Alfradique

A atriz fez parte da última geração de paquitas e era chamada de “Pastelzinho”. Ela estreou na dramaturgia em 2005, ganhou papel de destaque em “Malhação” e, além de atuar em peças de teatro, participou de dezenas de séries e novelas na Globo.

Bárbara Borges

A “Babu” das paquitas New Generation também fez muito sucesso como atriz. Estreou em "Porto dos Milagres”, de 2001, e fez muitas outras novelas na Globo e na Record. O trabalho mais recente de Bárbara foi no folhetim “Jesus”, de 2018.

Lana Rhodes

Depois de ser conhecida como a paquita “Cabritinha”, Lana chegou a ser uma das finalistas do reality show musical “Ídolos” e, em 2007, foi para a Record, onde trabalhou em novelas como "Alta Estação”, “Caminhos do Coração”, “A História de Ester” e “Rebelde”, por exemplo.

Bianca Rinaldi

A “Xiquita Bibi” da segunda geração de paquitas trabalhou com Xuxa durante cinco anos antes de seguir a carreira de atriz. Ela começou em "Malhação”, passou pelo SBT, pela Record e voltou para a Globo em 2014, na novela “Em Família”.

Juliana Baroni

Em 1995, logo depois de abandonar o posto de paquita do “Xou da Xuxa” (ela era conhecida como "Catuxa Jujuba”), Juliana estreou como atriz em "Cara e Coroa”. Em seguida, participou de várias outras tramas na Globo, como "Salsa e Merengue”, "Malhação”, "Uga-Uga", entre outras. Ela também trabalhou em novelas da Record e no SBT.

Graziella Schmitt

Graziella foi paquita da Xuxa entre 1995 e 2000 e, após deixar o programa, apresentou o infantil "TV Globinho”, além de participar de novelas como "Malhação”, "Amor e Revolução”, do SBT , além de "O Rico e Lázaro” e “Lia”, da Record.

Letícia Spiller

A “Pituxa Pastel” é, sem dúvida, a ex-paquita que mais fez sucesso na carreira de atriz. Depois de trabalhar com Xuxa, estreou com tudo na novela “Quatro por Quatro”, de 1994, no papel da inesquecível Babalu. Além de atuar em filmes, participou de dezenas de novelas na Globo e sua aparição mais recente foi na trama de “O Sétimo Guardião”.

Xuxa e ex-paquitas