pop

Você só é um verdadeiro fã de filmes de terror se já viu esses 10 clássicos

Divulgação

Entre os filmes mais consumidos pelo público que é fã de cinema, existem vários títulos de terror que são clássicos da história da sétima arte. E, se você se considera um amante do gênero, não pode deixar de assistir algumas produções do antigo milênio, inclusive, das décadas de 1950, 60 e 70. A seguir, descubra algumas das obras de horror mais importantes da sétima arte.

Longas-metragens de terror que você precisa ver

O Exorcista

Em Georgetown, Washington, uma atriz vai aos poucos tomando consciência que a sua filha de doze anos está tendo um comportamento completamente assustador. Ela pede ajuda a um padre, que também é um psiquiatra, que chega a conclusão de que a garota está possuída pelo demônio. Ele solicita então a ajuda de um segundo sacerdote, especialista em exorcismo, para tentar livrar a menina desta terrível possessão.

Sexta-feira 13

“Sexta-Feira 13” é uma longa série de filmes de terror dos Estados Unidos criada pelo diretor Sean S. Cunninghan, que já conta com 12 filmes (incluindo Freddy vs. Jason). O primeiro filme é de 1980. Todos os outros, exceto o primeiro e o quinto, estrelam Jason Voorhees como o assassino em série. O personagem acabou por se tornar um ícone dos filmes de horror.

O Massacre da Serra Elétrica

Na época de seu lançamento, em 1974, “O Massacre da Serra Elétrica” teve recepção mista da crítica, mas fez enorme sucesso com o público, arrecadando mais de 30 milhões de dólares de bilheteria. Leatherface, nome do assassino do filme virou referência na cultura pop, tornando-se um clássico, não só do terror, mas do cinema em geral.

O filme narra a história de Sally Hardesty (Marylin Burns) e seu irmão paraplégico Franklin (Paul A. Partain), que decidem ir até o cemitério onde o avô está enterrado para terem certeza de que o túmulo não foi violado, já que estavam ocorrendo crimes dessa categoria no Texas.  Eles vão acompanhados por Jerry (Allen Danziger) que é o namorado de Sally e pelo casal Kirk (William Vail) e Pam (Teri Mcminn). Chegando lá o casal acaba sendo atacado por Leatherface (Gunnar Hansen), e quando Jerry sai a procura deles acaba sendo morto também.

Psicose

“Psycho” é um filme de suspense e horror de 1960, dirigido por Alfred Hitchcock e estrelado por Anthony Perkins, Vera Miles, John Gavin e Janet Leigh. Foi escrito por Joseph Stefano, baseado no romance de mesmo nome de Robert Bloch. O enredo gira em torno da secretária Marion Crane (Leigh) que, após dar um desfalque em seu empregador, vai parar num decadente motel, dirigido por um perturbado rapaz, Norman Bates (Perkins), e das consequências a partir desse encontro.

Considerado um dos melhores filmes de Hitchcock, é elogiado como uma obra de arte cinematográfica por críticos internacionais de cinema e estudiosos da área e classificado entre os melhores filmes de todos os tempos.

Halloween

Michael Myers é um psicopata que vive em uma instituição há 15 anos, desde quando matou sua própria irmã. Agora que ele é um adulto, volta à comunidade em que morava, onde começa a matar adolescentes. Seu psiquiatra é o único que está atrás dele, por acreditar no seu poder de fazer o mal.

Noite do Terror

O filme de terror canadense de 1974, dirigido por Bob Clark é, em grande parte, baseado em uma série de assassinatos que ocorreram em Quebec, Canadá na época do Natal. Por isso, o nome "Black Christmas". Além disso, o roteiro mistura trechos de numa lenda urbana onde a babá recebe telefonemas de dentro da casa.

Pânico

Sidney Prescott (Neve Campbell) começa a desconfiar que a morte de dois estudantes está relacionada com o falecimento da sua mãe, há cerca de um ano. Enquanto isso, os jovens da pacata cidadezinha começam a receber ligações de um maníaco que faz perguntas sobre filmes de horror. Quem erra, morre. As perguntas seguem uma lógica que será desvendada numa grande festa escolar.

O Iluminado

Jack Torrance (Jack Nicholson), sua esposa e o filho mudam-se para um enorme hotel para cuidar da manutenção durante o inverno. Mas, desde a chegada, Jack começa a apresentar transtornos de personalidade, ao mesmo tempo em que ocorrem fenômenos paranormais. Dirigido por Stanley Kubrick, é um clássico atemporal.

Carrie, a Estranha

Carry White (Sissy Spacek) é uma jovem que não faz amigos, pois vive em total isolamento com Margareth (Piper Laurie), a mãe extremamente religiosa. Sue Snell (Amy Irving) pede a Tommy Ross (William Katt), seu namorado e um aluno muito popular, para que convide Carrie para o baile do colégio. Mas Chris Hargenson (Nancy Allen), uma aluna que foi proibida de ir à festa, prepara uma terrível armadilha que deixa Carrie exposta em público. É quando os poderes paranormais que ela possui e sua capacidade vingança são colocados em prática pela jovem repleta de ódio.

Brinquedo assassino

Um serial killer é morto em um tiroteio com a polícia, mas antes de morrer utiliza seus conhecimentos de vodu e transfere sua alma para um boneco. Uma mãe presenteia o filho exatamente com este brinquedo e o menino tenta alertá-la de que o boneco está vivo, mas sua mãe e um detetive da polícia só acreditam nele após o brinquedo ter feito várias vítimas. No entanto, o boneco está realmente interessado é no corpo do garoto para continuar vivo, e isto coloca a criança em grande perigo.

Mais sobre filmes de terror