Ferrugem perde 25 kg com dieta ortomolecular: como funciona e por que é tão eficaz

ferrugem emagrecimento antes depois 1219 1400x800 0
Eduardo Martins/AgNews | Daniel Pinheiro/AgNews

No início deste ano, o cantor Ferrugem teve de cancelar algumas apresentações por ter ido às pressas ao hospital e, sem revelar qual problema específico de saúde o levou àquela situação, ele disse que, para estar saudável, precisaria perder 32 kg. Meses depois, ele já perdeu mais de 20 kg - tudo com a ajuda da medicina ortomolecular, que é bastante eficiente para quem quer perder peso.

Ferrugem emagreceu 25 kg

Em entrevista ao portal UOL, Ferrugem relatou dificuldades em se apresentar e problemas de saúde devido ao fato de que, no início do ano, estava pesando 122 kg. Foi quando decidiu por uma mudança, motivado pela vontade de ter um estilo de vida mais saudável e pela esposa, Thais Vasconcelos.

O cantor acompanhou a parceira em uma consulta com o médico ortomolecular que ela já frequentava e decidiu por adotar novos hábitos. Com isso, até agora já perdeu 25 kg.

Instagram

Dieta ortomolecular: o que é?

Conforme explica Esthela Conde, médica nutróloga especialista em medicina integrativa e ortomolecular, esse tipo de dieta é diferente das outras porque, em vez de estabelecer um plano alimentar e mudanças de hábito tendo como foco a perda de determinada quantidade de peso, ela visa corrigir possíveis desbalanços do organismo, levando assim ao emagrecimento.

“A dieta ortomolecular busca restaurar o equilíbrio do organismo através da ingestão de alimentos, vitaminas, minerais e aminoácidos. Diferente de outras dietas, ela tem uma visão sistêmica de todo o organismo, então, antes de tratar cada órgão e cada problema que pode estar prejudicando o funcionamento adequado do organismo, ele busca tratar a raiz do problema”, afirma a especialista.

Como fazer?

Instagram

Como cada organismo tem suas particularidades, o paciente é direcionado a exames que identificarão o que o corpo tem em excesso e o que precisa ser reposto. A partir disso, ele recebe orientações sobre o que deve consumir - algo que, de acordo com a médica, não consiste em restrições alimentares ou de calorias, e sim em uma reeducação alimentar a longo prazo.

“É uma reeducação de hábitos, sempre priorizando a qualidade do alimento consumido. É um plano alimentar individualizado, de acordo com o que está em desequilíbrio no organismo com as necessidades nutricionais de cada um”, afirma a especialista.

Por que é tão eficaz?

Instagram

Não são poucas as pessoas com dificuldades para emagrecer que recorrem à dieta ortomolecular - e isso porque, em geral, o processo tem bastante sucesso. Conforme explica Esthela, esse fato se deve justamente à forma “global” como a medicina ortomolecular enxerga o organismo.

“Isso acontece pois a dieta ortomolecular tem como objetivo restabelecer o equilíbrio de todo o organismo, trazendo assim uma mudança de hábitos positiva. O ajuste das vitaminas e nutrientes alteram o metabolismo positivamente, melhorando suas funções e facilitando, assim, a queima de gordura, a eliminação de toxinas e, consequentemente, o emagrecimento”, afirma a médica.

Exercícios físicos ainda são essenciais

Instagram

Não foi só a alimentação de Ferrugem que mudou, ele também passou a praticar exercícios físicos ao lado da esposa.

A especialista também reforça que isso é essencial. Ainda que a dieta contribua imensamente para um processo de emagrecimento, Esthela lembra que a combinação de alimentação saudável com atividades físicas é bastante proveitosa.

"Isso traz uma mudança comportamental completa e positiva", afirma a médica, ressaltando, porém, que, como o processo é individualizado, é essencial que as pessoas busquem orientação quanto a isso.

Emagrecimento saudável