Dieta low carb: nutricionista lista maiores erros cometidos por quem adota método

dieta low carb 0117 1400x800
ShutterStock

Uma dieta low carb é caracterizada por um cardápio rico em proteínas e gorduras e pela significativa redução no consumo de carboidratos. O regime ficou famoso por ser uma promessa de emagrecimento rápido ao garantir saciedade, controlando a fome, e diminuição da ingestão de alimentos refinados.

Assim como qualquer plano alimentar, a dieta low carb precisa ser realizada com orientação de um especialista para que seja eficaz e não resulte em problemas de saúde. Em seu perfil no Instagram, a nutricionista Melina Reggiani lista dois grandes erros cometidos por quem segue este tipo de dieta.

Erros comuns de quem faz dieta low carb

dieta low carb 1116 1400x800
armano777/istock

De acordo com a profissional, o primeiro erro comum de quem segue uma dieta low carb é acreditar que a quantidade de calorias ingeridas não importa. Todo regime feito com o objetivo de emagrecer tem que ser hipocalórica, ou seja, tem que ter menos calorias do que o indivíduo gasta.

A vantagem da dieta low carb é permitir o consumo um pouco maior de gorduras, e isso ajuda a dar saciedade. Assim, fica mais fácil comer em menor quantidade e dar um intervalo maior entre as refeições.

low carb alimentos 1118 1400x800 0
Nina Firsova/shutterstock

Quem não leva isso em consideração e consome gorduras e proteína em excesso não vai emagrecer, mesmo comendo pouquíssimo carboidrato. Além disso, a ingestão exagerada deste tipo de comida pode provocar sérios problemas de saúde. Uma consulta com um nutricionista é fundamental para ajudar a ajustar as quantidades certas dos alimentos.

O outro erro em dieta low carb apontado pela nutricionista é focar apenas na quantidade de carboidrato e menosprezar a qualidade da dieta.

bacon ovos low carb 1118 1400x800
Elena Shashkina/Shutterstock

O cardápio deve ser saudável, com ingestão moderada de proteínas e boas gorduras (azeite, castanhas, abacate, por exemplo), além de verduras, legumes e frutas com pouco carboidrato.

É preciso evitar ainda alimentos ultraprocessados, mesmo que eles sejam zero carboidrato, explica a profissional.

View this post on Instagram

1️⃣ Achar que a quantidade de calorias ingeridas não importa. QUALQUER dieta feita com o objetivo de emagrecer tem que ser HIPOCALÓRICA, ou seja, tem que ter menos calorias do que o indivíduo gasta. A vantagem da dieta low carb é permitir o consumo um pouco maior de gorduras, e isso ajuda a dar saciedade. Assim, fica mais fácil comer em menor quantidade e dar um intervalo maior entre as refeições. Quem não leva isso em consideração e consome gorduras e proteína em excesso não vai emagrecer, mesmo comendo pouquíssimo carboidrato. Por isso está tão comum ver pessoas fazendo dieta low carb e não emagrecerem (algumas até engordam), principalmente aqueles que fazem a dieta por conta própria. Se este é o seu caso, procure um Nutricionista para te ajudar a ajustar as quantidades dos alimentos; ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 2️⃣ Focar apenas na quantidade de carboidrato e esquecer da QUALIDADE da dieta. A dieta também deve ser saudável, por isso deve-se evitar alimentos ultraprocessados, mesmo que eles sejam ZERO carboidrato: suco em pó diet, refrigerante diet, gelatina diet, balas e chicletes diet, embutidos, alimentos cheios de gordura hidrogenada (gordura trans), frituras em óleo de soja. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ DICA: uma dieta low carb bem feita deve ser composta por: 🥗 Vegetais com pouco carboidrato (verduras, legumes e frutas) 🥑 Gordura saudável com moderação (azeite, castanhas, abacate, manteiga, queijos, carnes) ⠀ ⠀🥩 🍳 Proteína

A post shared by MELINA REGGIANI (@mel_reggiani) on

Dieta low carb: benefícios e cuidados