Fátima come 2 itens todos os dias pela manhã: por que são benéficos?

Sempre que toma o seu café da manhã, Fátima Bernardes alimenta-se com dois itens indispensavelmente. Pelo menos foi o que a apresentadora contou em uma edição do programa que comanda na Rede Globo.

2 alimentos do café da manhã de Fátima Bernardes

View this post on Instagram

Obrigada #malhaçãovidasbrasileiras! Amo orquídeas.

A post shared by Fátima Bernardes (@fatimabernardes) on

No “Encontro com Fátima”, um bate papo entre Fátima e seus convidados, a apresentadora falou sobre hábitos alimentares de cada um no café da manhã.

Ao mencionar o que consume na primeira refeição do dia, Fátima mencionou dois itens que costumam estar presentes em suas manhãs.

“Todo dia, de manhã, eu estou comendo tapioca”, contou a apresentadora. Ela ainda mencionou que diariamente prepara um pote com frutas para consumir durante o café.

Tapioca e frutas: benefícios

Optar por um café da manhã com tapioca e furtas é uma ideia muito boa, já que os dois alimentos trazem uma série de benefícios ao corpo.

Tapioca

pao frances e tapioca 0618 1400x800
rocharibeiro/Jaboticaba Fotos/Shutterstock

Bem fácil de ser preparada, a tapioca ganhou status de "fit" recentemente, mas, hoje em dia, sabe-se que a goma engorda tanto quanto o pão francês.

A título de comparação, segundo a nutricionista Jacqueline Anversa, enquanto a tapioca, em uma porção de 50 gramas, possui 43 gramas de carboidrato e praticamente zero de proteínas e fibras, totalizando 175 calorias, o pão francês tem 150 calorias, mas contém maior quantidade de proteínas e fibras.

Então, o que faz da tapioca um alimento benéfico para o dia a dia?

Por não possuir gliadina, uma proteína presente no glúten, a tapioca não favorece quadros inflamatório no corpo e também o aumento da gordura abdominal. Além disso, ela é uma grande aliada de pessoas celíacas, aquelas com intolerância ao glúten, e que precisam de alternativas alimentares sem o composto.

Outra característica que torna a tapioca um alimento atrativo para o café da manhã é a possibilidade de reverter seu alto índice glicêmico. Ele diz respeito à velocidade com que os carboidratos são absorvidos pelo organismo e, quanto mais alta, mais é favorecido o acúmulo de gordura.

“Alimentos de baixo índice glicêmico são absorvidos lentamente, enquanto os de alto índice glicêmico têm absorção rápida", explica a nutricionista funcional Analuiza Nogueira dos Santos, da Clínica Fluyr Saudável.

tapioca cafe 1118 1400x800
Iuliia Timofeeva/Shutterstock

Para melhorar o índice glicêmico da tapioca, o ideal é consumir uma unidade por dia e junto com alimentos ricos em fibras, proteínas e gorduras vegetais, que podem evitar o quadro de hiperglicemia, reduzindo o índice glicêmico do prato.

“Aposte sempre em recheios proteicos, como ovos, frango desfiado, tofu temperado e, se der, ainda adicione uma fonte de fibra, como a chia”, recomenda a nutricionista Bruna Vilela.

A recomendação da adição de fibra à tapioca feita pela nutricionista segue a mesma ideia de sanduíches de pães integrais recheados de folhas, frutas e outras leguminosas.

Fora todos esses benefícios, consumir a quantidade certa de calorias logo pela manhã previne picos de glicose e insulina durante o dia – o que causa mais gordura circulante pelo organismo e maior compulsão por comida.

Desse modo, o consumo de carboidratos logo no café da manhã é importante para evitar tais picos de insulina, além de garantir energia para o resto do dia. Se combinado a uma proteína, o carboidrato pela manhã ainda ajuda no bom funcionamento do organismo e no processo de perda e manutenção do peso.

Frutas

frutas variedades dieta 0916 1400x800 0
baibaz/shutterstock

Já as vitaminas e minerais presentes nas frutas carregam consigo benefícios para o corpo, como a boa manutenção da mente e do bem-estar físico.

A maçã, por exemplo, ajuda a melhorar a memória, a prevenção de problemas respiratórios, reduz o colesterol e contribui para o emagrecimento. Já a banana é rica em carboidratos, vitaminas, minerais e outros nutrientes essenciais, e ajuda a combater a insônia, assim como a pera, a reduzir o estresse.

O abacaxi também contribui muito para o funcionamento do sistema imunológico, do fluxo intestinal e é um alimento diurético. Outra fruta muito comum de ser consumida no café da manhã é a melancia, que beneficia a circulação sanguínea, as taxas de vitamina A, combate inflamações no corpo e fortalece o sistema respiratório.

Dicas para o café da manhã