Como é a dieta cetogênica e quem pode fazer o regime famoso por secar rápido

proteinas alimento 1218 1400x800
Ekaterina Markelova/Shutterstock

Quando se trata de emagrecer, existe um vasto cardápio de regimes que se adequam às mais diversas demandas de cada pessoa, considerando tanto seus hábitos alimentares como a prática de atividades físicas. Em meio a esse universo de possibilidades, uma dieta que vem tomando espaço, é a chamada dieta cetogênica.

Dieta cetônica: o que é?

mulher negra duvida 1118 1400x800
WAYHOME studio/Shutterstock

De acordo com a endocrinologista Lorena Lima, a palavra cetogênica vem de cetose, que é a fase que ocorre quando o organismo transforma as gorduras ingeridas em ácidos graxos e corpos cetônicos, o que na sequência vai se transformar em energia para as atividades do dia a dia. Ela é um estágio do metabolismo que acontece quando falta glicose.

O grande diferencial desta dieta é que, pela baixa oferta de carboidrato e grande oferta de gordura, o organismo é "obrigado" a substituir sua fonte de energia, optando pela gordura - e entrando, assim, no estado de cetose.

Como é a dieta cetogênica?

A nutricionista Patrícia Davidson explica que essa é uma dieta baseada no consumo de alimentos ricos em gorduras boas, como por exemplo: abacate, oleaginosas, azeitona, azeite, óleo de coco. Com ingestão moderada de proteínas e quantidades mínimas de carboidratos, a dieta também pode ser denominada como "low carb high fat" (LCHF).

Queima de gordura na dieta cetogênica

emagrecer barriga 1118 1400x800
Africa Studio/Shutterstock

A perda de peso varia de acordo com o metabolismo de cada pessoa que adota a dieta, mas a média é de 5kg a 8 kg em menos em um mês. E além da queima acelerada de gordura, o processo ainda ajudaria a controlar o apetite, baixar os níveis de insulina e até mesmo evitar doenças do coração, câncer e Alzheimer.

Alimentos permitidos

dieta alimentos proteina
Syda Productions vía Shutterstock

De acordo com Lorena, alimentos como carnes de boi, porco, frango e peixes, ovo, azeite, óleo, maionese, gelatina e chás sem açúcar geralmente estão liberados. No entanto, essa dieta deve ser prescrita por um profissional.

Embutidos como presunto, linguiça e bacon, manteiga, margarina, feijão, soja, ervilha, grão-de-bico, queijos, creme de leite e iogurtes sem açúcar, amendoim, noz, avelã, castanha, frutas, sementes como linhaça, chia e girassol, legumes, verduras e mostarda também estão frequentemente presentes da dieta.

Cuidados com a dieta

garfo dieta 1218 1400x800
Africa Studio/Shutterstock

A dieta cetogênica só é indicada por curtos períodos de tempo, uma vez que, a longo prazo o organismo vai se acostumando e a pessoa pára de emagrecer. Além disso, o alto consumo de gordura proposto pelo plano alimentar pode sobrecarregar os rins e aumentar o colesterol.

Para quem a dieta não é recomendada?

A especialista ressalta que a dieta não é aconselhada para pessoas com problemas crônicos de saúde, como diabetes, hipertensão arterial e problemas renais, gestantes, idosos e crianças.

Tipos de dieta