Qualquer tipo de batata (não só a doce) pode ajudar a emagrecer: aprenda truque

tipos de batatas 0419 1400x800
shahphoto/shutterstock

Quem está de dieta normalmente aposta na substituição da batata inglesa (a amarela, mais comum) pela doce, acreditando que o segundo tipo é o único capaz de favorecer o emagrecimento.

A ideia não chega a ser absurda, mas apenas um pouco equivocada.

De acordo com a nutricionista Tamara Castro, a grande vantagem da batata-doce está no seu índice glicêmico, que é inferior ao da batata inglesa.

batatas beneficios saude 0419 1400x800
beats1/shutterstock

Os valores de índice glicêmico dos alimentos estão relacionados à velocidade com que a glicemia aumenta conforme eles são digeridos e, portanto, podem ainda ser considerados indicadores da qualidade de um carboidrato, uma vez que são responsáveis por provocar alterações glicêmicas.

Quanto menor a alteração, melhor o carboidrato. Quanto mais rápido a glicemia aumenta, pior o carboidrato.

Truque para emagrecer comendo batata

batata doce amarela fatiada 1116 1400x800
Margouillatphotos/iStock 40338948

Ainda segundo a nutricionista, poucas pessoas sabem que é possível, sim, emagrecer com qualquer tipo de batata, não somente a doce, modificando de forma simples a resposta glicêmica do alimento.

Tudo depende do método de preparo, além de alimentos e ingredientes associados na mesma refeição.

batata assada casca 0419 1400x800 0
beats1/shutterstock

O truque para perder peso comendo batata inglesa (ou qualquer outro tipo de alimento de índice glicêmico mais elevado) é acrescentar ao preparo boas fontes de gordura, como azeite, óleo de coco e oleaginosas, por exemplo, e fibras, como sementes, vegetais, farelos, entre outros.

O modo de preparo também influencia no processo. Na versão cozida, por exemplo, a batata-doce tem índice glicêmico de 60, enquanto o da batata inglesa é de 95. No entanto, quando assada, a própria batata-doce passa a ter o índice glicêmico muito semelhante à batata inglesa cozida (94 e 95, respectivamente).

View this post on Instagram

Essa vai pra galerinha do frango com batata doce.... Vamos variar, pooovo! #Repost @feserpa • • • De tanto ter que convencer meus pacientes a variarem o consumo entre os outros tipos de batata (só querem comer batata doce) eu resolvi fazer esse post. ————————————————————— Vejam na figura que o valor nutricional se diferencia pouco entre eles (fonte: TACO). ————————————————————— A grande vantagem da batata doce está no seu índice glicêmico que é inferior ao da batata inglesa. Na versão COZIDA, a batata doce tem índice glicêmico de 60, enquanto o da batata inglesa é de 95. ————————————————————— No entanto, o que muitas pessoas não sabem é que podemos facilmente modificar a resposta glicêmica de um alimento dependendo do seu método de preparo, alimentos e ingredientes associados, etc. ————————————————————— Por exemplo, a própria batata doce quando assada passa a ter o índice glicêmico muito semelhante à batata inglesa cozida (94 x 95, respectivamente). ————————————————————— Quer reduzir a resposta glicêmica de uma refeição? Acrescente boas fontes de gordura (azeite, óleo de coco, oleaginosas, etc) e fibras (sementes, vegetais, farelos, etc) e tenha uma alimentação mais variada! Não caia em modismo! Fica a dica 👍

A post shared by Tamara Castro (@tamaracastronut) on

Batatas: tipos e benefícios