Todo mundo cai nestas 6 armadilhas achando que vai emagrecer e perder gordura

balanca dieta barriga 0419 1400x800
Motortion Films/shutterstock

Emagrecer com saúde não é tarefa fácil. Assim como perder aquelas gordurinhas localizadas. Então, por que não comer menos e se exercitar mais? A equação parece simples na teoria, mas no dia a dia, nem sempre a conta fecha.

Queimar calorias e perder peso depende de vários fatores: uma dieta que fez a vizinha secar nem sempre terá o mesmo efeito para você. E vice-versa. Existem armadilhas que muitas vezes passam despercebidas e que podem estar sabotando seus objetivos de emagrecer. Maus hábitos alimentares, exercícios aeróbicos em excesso ou treinar em jejum são apenas algumas delas.

Ciladas comuns que impedem a perda de peso

ilustracao emagrecer peso 0319 1400x800
Ed Meden/Shutterstock

Confira as 6 armadilhas mais comuns que podem sabotar todo o processo de emagrecimento. E lembre-se que fazer mudanças no estilo de vida pode fazer toda a diferença na hora de perder peso e gordura corporal a longo prazo:

1. Confundir alimentação saudável com dieta de poucas calorias

Existem dietas saudáveis, mas muito calóricas e aquelas com poucas calorias e pobre em nutrientes. Na prática, algumas substituições são importantes, como trocar margarina por azeite de oliva ou massa branca por grãos integrais. Mas se você quer perder gordura, é preciso eleger alimentos saudáveis, ricos em proteínas, fibras, vitaminas e minerais, e consumir ingredientes calóricos em proporções moderadas.

Uma dieta com baixas quantidades de calorias não só altera o metabolismo como contribui com a perda de passa magra – o que não é nada interessante para quem busca eliminar gordura. Na dúvida, busque o auxílio de um nutricionista e faça um cardápio personalizado de acordo com suas necessidades (e objetivos).

dieta perderpeso alimentos 0319 1400x800
Pixelbliss/Shutterstock

2. Focar apenas nos exercícios aeróbicos

Não há dúvidas de que exercícios aeróbicos, como corrida, caminhada e bicicleta por exemplo, aumentam o gasto calórico. Mas já se sabe que a melhor opção para perder peso e gordura corporal está em realizar exercícios mais intensos e de menor duração. Atividades como treinos intervalados inibem o acúmulo de gordura e aceleram não só a queima, como o metabolismo como um todo.

A musculação, diferente do que muitos acreditam, é o melhor exercício para o emagrecimento a longo prazo. Além de evitar flacidez, ela ainda aumenta o metabolismo basal, gasto energético natural do organismo.

curl biceps musculacao 0918 1400x800
Syda Productions/shutterstock

3. Treino em jejum

Para fazer uma ou outra atividade física, o corpo utiliza a gordura como fonte de energia. Se a pessoa não se alimenta antes de treinar, é comum pensar que ela vai queimar ainda mais gordura como substrato. Mas nem sempre é assim.

A nutricionista Paola Moreira explica que para isso acontecer é preciso um estímulo alimentar. Isso porque no início da atividade, o corpo utiliza o carboidrato como energia e, posteriormente, a gordura. Quando uma pessoa não come nada antes do treino, a tendência é que o organismo utilize a proteína do próprio músculo para atender a essa demanda. Como resultado, há perda de massa magra muscular e até mesmo o comprometimento na performance durante o exercício físico.

A estratégia muitas vezes é utilizada por outros motivos, seja conforto ou desempenho, e nestes casos funciona. Mas sem o acompanhamento e adaptação, pode atrapalhar o emagrecimento porque diminui o rendimento do treino.

corrida elastico exercicio 0318 1400x800
Anutr Yossundara/Shutterstock

4. Beber pouca água

Pesquisas comprovaram que a ingestão de água está associada ao ganho e perda de peso de um indivíduo. Pessoas que não bebem água suficiente no decorrer do dia têm Índice de Massa Corporal (IMV) maior do que aquelas que se mantém hidratadas. Isso acontece porque a água promove saciedade, evitando o consumo excessivo de alimentos durante das refeições.

tomaragua exercicios praia 0319 1400x800
Undrey/Shutterstock

5. Falta de sono

Acreditar que apenas algumas horinhas de sono já são suficientes é uma das grandes armadilhas para perder peso com saúde. Dormir de sete a oito horas por dia não só ajuda no bom funcionamento do organismo, como libera o hormônio do crescimento (GH), que estimula a restauração dos tecidos e aumento da massa muscular. Descansar o corpo também acelera a queima de gordura e dá mais disposição para realizar atividades físicas.

mulher sono tranquilo 0119 1400x800
Leszek Glasner/Shutterstock

6 .Restrição alimentar

No livro “O peso das dietas”, a nutricionista Sophie Deram garante que dietas de restrição alimentar não funcionam. Isso porque 95% das pessoas que optam por estes regimes voltam a engordar. E podem sofrer um efeito rebote, tendo como consequência problemas sérios como a compulsão alimentar.

Para que o processo de emagrecer seja eficiente e não deixe o indivíduo “com medo de comer”, é necessário seguir algumas regras básicas, como apostar em alimentos de verdade, mais ingredientes naturais e menos industrializados, cozinhar com frequência em casa e prestar mais atenção no que está consumindo.

Emagrecer com saúde