Este é o alimento que você deve comer MAIS se quiser detonar a celulite

celulite bumbum gordura 1217 1400x800
Staras/istock

Você sabia que, de acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, oito em cada 10 mulheres têm algum grau de celulite? A alimentação é uma forte aliada para o combate aos furinhos no corpo. Da mesma forma, se ingeridos de forma errada, os alimentos podem aumentar celulite.

Causas da celulite: quais são?

A celulite é uma alteração nas fibras e camada de gordura subcutâneas que gera o aspecto de furinhos e edemas na pele. Embora haja fatores de risco que predispõem a condição (genética, tabagismo e outros), ela está essencialmente atrelada a duas causas: acúmulo de gordura e inchaço.

celulite bumbum lupa 1116 1400x800
Staras/shutterstock

Em termos simples, quanto mais inflamada estiver a camada de gordura, pior fica o aspecto das celulites. Isso porque, segundo explica a dermatologista Carla Albuquerque, da Sociedade Brasileira de Dermatologia, o aumento no tamanho das células adiposas gera fibroses, o que causa o aspecto "casca de laranja".

Alimento que reduz celulite

Existem muitas técnicas que minimizam os furinhos na pele, desde exercícios físicos específicos até tratamentos estéticos. A mudança na alimentação, entretanto, é uma das mais importantes, já que, através dela, é possível melhorar muito o acúmulo de gordura e inchaço e, assim, não só combater a celulite como evitar o surgimento de novos edemas.

Além das medidas básicas que a maioria das pessoas conhece, como cortar o açúcar e evitar refrigerantes, há um tipo de alimento que, se incluído no cardápio, pode ser o grande segredo para combater a celulite: fibras.

leite aveia ingredientes 1400x800
Karisssa/istock

Em primeiro lugar, elas auxiliam no aumento do volume fecal e reduzem o tempo de trânsito intestinal. Ou seja, as fezes ficam menos tempo no intestino, o que contribui com a redução da pressão intra-abdominal. Isso, segundo explica a nutróloga Silvia Santamaria Correa da Fonseca, melhora o sistema circulatório dos membros inferiores e, assim, reduz o inchaço.

A regulação intestinal, diz o nutrólogo André Veinert, da Clínica Healthme, ainda tem a vantagem de desintoxicar o organismo. "A melhora do funcionamento intestinal inibe a absorção de toxinas e ainda elimina as impurezas que podem prejudicar o quadro da celulite."

intestino ilustracao cancer 1116 1400x800
S K Chavan/Shutterstock

Outra grande vantagem da presença de fibras nos alimentos é sua capacidade de reduzir o índice glicêmico, isto é, torna a absorção dos nutrientes daquela comida mais demorada. Este processo é benéfico porque evita o acúmulo de gordura localizada.

As fibras ainda exercem um papel fundamental na eliminação da gordura, conforme explica a nutricionista Kelly Balieiro, do Femme Laboratório da Mulher. "As fibras insolúveis funcionam como uma esponja no estômago e, assim, o corpo não absorve a gordura que foi consumida", diz.

Comidas ricas em fibras

verduras almoco prato 0417 1400x800
Xsandra/iStock

É possível encontrar alta concentração de fibras em verduras e legumes. Além disso, grãos integrais, como aveia e seu farelo, linhaça, gergelim, gérmen de trigo, granola, entre outros, são ótimas opções.

Aposte também em frutas com casca (preferencialmente in natura, e não batidas em sucos) e legumes crus, já que o cozimento em excesso pode aumentar o índice glicêmico dos ingredientes

Como acabar com a celulite?