mulher

7 dias de jejum intermitente: o que acontece com o corpo neste período?

prato jejum dieta 0118 1400x800
designelements/shutterstock

Emagrecer entre 1,5kg e 4kg em apenas uma semana, sem precisar contar calorias ou eliminar determinados alimentos do cardápio. A ideia pode soar bastante atraente e é uma das bases do jejum intermitente, plano que indica a regulação do período das refeições e não o que é colocado no prato.

O chamado protocolo 16/8 é um dos métodos mais conhecidos de jejum e consiste em fazer refeições normais durante 8 horas do dia e ficar sem comer nada pelas próximas 16 horas. Entenda o que acontece com o corpo e o que você pode sentir ao experimentar a dieta no período de uma semana.

Efeitos do jejum intermitente por 7 dias

prato dieta duvida 0318 1400x800
Pavel Bobrovskiy / Shutterstock

Antes de mais nada é preciso ressaltar que todo e qualquer tipo de dieta precisa ser orientado por médicos e nutricionistas. Somente profissionais de saúde podem indicar o plano alimentar que mais combina com seu perfil e seus objetivos.

Bastante polêmica, a dieta do jejum intermitente tem críticos e defensores que listam uma variedade de benefícios e possíveis prejuízos que o método pode trazer, especialmente se realizado de forma inadequada.

Efeitos positivos do jejum intermitente

balanca mulher dieta 0418 1400x800
Billion Photos/Shutterstock

De acordo com médicos e nutricionistas que apoiam o plano alimentar, passar horas sem comer nada e fazer refeições normais durante apenas um período de tempo, além de promover perda de peso, faz com que o corpo use seus estoques de energia para sobreviver e, assim, passe a queimar a gordura excedente.

A dieta ainda ajudaria na diminuição de processos inflamatórios, auxiliaria na melhora a produção hormonal e até regeneraria o sistema imunológico, diminuindo os riscos de doenças.

Efeitos negativos do jejum intermitente

dieta jejum fome 0916 1400x800
Chepko Danil Vitalevich/Shutterstock

De acordo com críticos do plano alimentar, no entanto, passar muitas horas sem comer poderia resultar em cansaço extremo, dores de cabeça, confusão mental e irritabilidade, assim como aumento do desejo por comidas ricas em carboidratos refinados e gordura.

O jejum intermitente, feito sem orientação de um especialista, ainda poderia reduzir a ingestão de nutrientes importantes para o corpo, resultando, a longo prazo, em complicações de saúde física e mental e piora no desempenho dos exercícios físicos.

Perder peso com saúde