mulher

Sem conseguir fazer dieta, Erika Januza tem só 2 regras ao comer e dão muito resultado

View this post on Instagram

🌊❤️

A post shared by Erika Januza (@erikajanuza) on

Com uma silhueta que esbanja músculos torneados, a atriz mineira Erika Januza, que ganhou destaque em sua atuação na novela “O Outro Lado do Paraíso”, da Globo, admite que não é das mais fãs das dietas. “Tento comer coisas saudáveis, mas sem muita neura”.

Ao VIX, ela conta que já tentou ser orientada por nutricionistas, mas não deu certo. Por isso, ela garante o corpão por meio de atividade física, mas revela que duas alterações no cardápio sugeridas por um médico fizeram diferença em sua silhueta.

Como Erika Januza cuida do corpo?

Exercícios

Na trama de Walcyr Carrasco, Erika interpreta a poderosa juíza Raquel que, segundo ela, demanda algumas boas horas do seu dia em gravações no Projac.

“Minha rotina fitness depende dessa demanda de trabalho, porém, tento malhar sempre que consigo, pelo menos três vezes na semana”, conta a atriz, que revela ter sessões de 1 hora e meia de treino, quando é possível, com a personal trainer Karine Figueiredo.

O corpo da atriz, que exibe coxas grossas e braços torneados, é construído basicamente com duas apostas tradicionais quando o assunto é atividade física: musculação e corrida.

"A primeira vez que eu fui à academia eu era adolescente e tinha muita vergonha do meu corpo porque eu era muito magra, tinha as pernas finas e só usava calça, tinha vergonha de colocar as pernas de fora”, lembra a atriz, que pesava 45 quilos na época.

Ela também recorda que antigamente corria 5 minutos e já ficava cansada. Hoje, corre para aquecer antes dos treinos. “Agora minha personal foi adaptando meu treino para ganhar fôlego e ritmo cardíaco e eu corro meia hora e me sinto bem”, explica.

Assim que o tempo em sua agenda estiver mais tranquilo, ela pretende começar a fazer pilates, para alongar os músculos.

Alimentação

A atriz não tem acompanhamento de nutricionista, embora admita já ter tentado, em vão. “Não sou muito boa de seguir as dietas. Eu funciono mesmo com as atividades físicas”, afirma.

Então, o que ela faz é se consultar com um médico ortomolecular, que a orientou a fazer duas simples alterações no cardápio que fizeram muita diferença: aumentar a ingestão de proteína (que deve ser 50% de cada refeição) e trocar o arroz branco pelo integral.

O café da manhã da atriz, por exemplo, é composto por ovo com algum suco natural. “Também como omeletes nos lanches. O ovo é uma proteína que eu gosto e passei a inserir mais na minha alimentação.”

As tentações, ela tenta eliminar aos poucos, mas sem terrorismo. “Pretendo tirar do cardápio frituras, o meu ponto fraco”, revela. “Mas pelo menos já diminuí a frequência, deixo pra comer no final de semana ou quando dá muita vontade”, conclui a atriz.

Comer mais proteína e arroz integral: por que funciona?

proteinas carnes peixe 0417 1400x800
nehopelon/shutterstock

A estratégia alimentar de Erika Januza, ainda que pareça simples demais, pode trazer resultados incríveis, principalmente para quem costuma praticar exercícios físicos.

O carboidrato integral, por exemplo, prolonga a saciedade por ter mais concentração de fibras e demora mais para ser digerido pelo organismo -- favorecendo também a saúde intestinal. Desta forma, ajuda não só no controle da fome como evita que o corpo acumule gordura (processo desencadeado pelo consumo de carboidratos simples, como o arroz).

A proteína tem papel fundamental depois que os músculos sofrem pequenas lesões vindas das atividades de resistência, por ter uma considerável quantidade de aminoácidos essenciais, importantes para o crescimento saudável dos músculos.

Assim, o aumento deste nutriente contribui para um corpo mais durinho e definido, o que por sua vez acelera o metabolismo e faz o organismo queimar mais calorias do que o normal, eliminando gordura. Além disso, a proteína faz o corpo se manter saciado por mais tempo, evitando também a comilança exagerada.

Alimentação saudável das famosas