mulher

Dieta GM promete eliminar quase 7 kg em 1 semana: como funciona? É saudável?

emagrecer sem esforco 0117 1400x800
Erna Trani/Shutterstock

Com cardápio bastante variado e permissão para consumir alimentos de diversos grupos, a Dieta GM começa a se tornar popular por prometer perda de quase 7 kg em apenas 1 semana. Mas será que o plano de emagrecimento realmente funciona ou pode comprometer a saúde? Entenda melhor como é o regime, seus benefícios e contraindicações:

O que é a Dieta GM?

Vamos começar pelo nome: a siga GM vem da montadora General Motors. O regime foi apresentado como um plano baseado em uma suposta dieta criado para funcionários da empresa, em 1985. A definição, porém, não foi confirmada e suas origens reais permanecem desconhecidas.

dieta balanca medida 0617 1400x800
Billion Photos/Shutterstock

O plano é dividido em sete dias, cada um com regras rígidas sobre quais grupos de alimentos você pode consumir. Os defensores da dieta afirmam que a técnica estimula a perda de peso e ajuda a queimar gordura mais rapidamente do que outras dietas.

Entre os benefícios do regime estariam perda de 6,8 kg em uma semana, eliminação de toxinas do organismo, melhora na digestão e maior capacidade de queima de gordura. A dieta poderia ser repetida várias vezes até que os seus objetivos fossem alcançados, desde que respeitando uma lacuna de 5 a 7 dias entre os ciclos.

Dieta GM: o que pode comer e o que é proibido?

dieta balanca peso 0417 1400x800
Automnefold/shutterstock

A Dieta GM é dividida em sete dias, com diferentes regras que se aplicam a cada dia. É recomendável a ingestão de 8 a 12 copos de água por dia para manter o corpo hidratado durante todo o regime e, nos três primeiros dias, a prática de atividades físicas é indicada.

No cardápio, entram somente frutas, verduras, legumes e arroz integral. Café e chá verde também são permitidos, mas sem adição de edulcorantes. Os não vegetarianos podem incluir frango e ovos em alguns dias do regime.

Refrigerante, álcool e outras bebidas ricas em calorias não são permitidas. Ao fim de sete dias, a dieta ajudaria então a aumentar o consumo de proteínas e reduzir a quantidade de carboidratos.

No dia 1, é permitido comer somente frutas (exceto banana); no dia 2, só são liberados vegetais e 1 batata cozida; no terceiro dia, permite-se combinar frutas e vegetais; no dia 4, o praticante pode comer apenas 8 a 10 bananas e 4 copos de leite, além de água; no quinto dia, deve-se comer tomate e arroz integral apenas; no sexto, arroz integral e vegetais crus ou cozidos; e no sétimo e último dia, arroz integral, quaisquer vegetais e também sucos de frutas.

Contras da Dieta GM

dieta triste balanca 0217 1400x800
Ivana Forgo/shutterstock

A Dieta GM é extremamente restritiva e exclui inúmeros grupos alimentares importantíssimos para a saúde. Por isso, possui uma lista considerável de desvantagens.

Para começar, nenhuma pesquisa ainda foi realizada para conhecer os efeitos reais do regime. Ou seja, seus benefícios ainda estão no plano das hipóteses, sem comprovação científica de resultados.

dieta triste alimentacao 0317 1400x800
amesto/shutterstock

Além disso, adotar a Dieta GM sem orientação médica pode levar a problemas de saúde, uma vez que o cardápio específico pode resultar em carência de nutrientes importantes para o bom funcionamento do organismo.

Por fim, como toda dieta que promete emagrecimento rápido, quem adota pode experimentar grande perda de peso, mas com resultado temporário. O que, invariavelmente, resulta no efeito sanfona, que compromete a saúde e a autoestima. Vale lembrar que o recomendado por médicos é a perda de, no máximo, 1 kg por semana para um emagrecimento saudável e sustentável.

Receitas e dicas para emagrecer com saúde