Não consegue saber se está com fome física ou emocional? 5 perguntas podem ajudar

fome apetite gula 0617 1400x800
khanittha yajampa/shutterstock

Nem sempre é fácil desvendar de forma consciente o tipo de apetite que sentimos durante o dia, fato que pode resultar em ganho de peso por forçar uma refeição desnecessária. Para driblar o problema e aprender a ouvir corretamente o corpo é preciso fazer 5 perguntas simples para descobrir se está com fome física ou emocional.

Fome física ou emocional: perguntas que ajudam a descobrir

1. Você comeu nas últimas horas?Se você sente fome menos de três horas depois de fazer uma boa e completa refeição, seu apetite provavelmente é emocional, e não físico. Afinal, o corpo, dentro deste período, não foi capaz de fazer uma digestão completa dos alimentos.

fome gula ansiedade 0317 1400x800
Wor Sang Jun/Shutterstock

2. Você está irritado?Se além do apetite você sente que está nervoso ou irritado com alguma situação, pense duas vezes antes de se sentar para comer. A fome em momentos como estes geralmente está relacionada à ansiedade e não a uma necessidade física de ingerir alimentos.

3. É fome ou é sede?Antes de matar uma suposta fome, beba um pouco de água. Muitas vezes o corpo confunde sede com apetite e se hidratar evita o consumo desnecessário de alimentos que pode comprometer a dieta.

cerebro comida fome 1116 1400x800
Planet Flem/iStock

4. A fome bate quando você liga a TV?Se relaxado no sofá vendo filmes e séries você geralmente sente fome, tente perceber se o suposto apetite não faz parte apenas de um ritual que associa o hábito ao consumo de petiscos.

5.Você está estressado?Comer diante de situações estressantes ou tristes é algo bastante comum e raramente tem a ver com fome física. O alimento, nestes casos, pode promover sensação de felicidade e conforto, mas não vai afastar um apetite que, na realidade, sequer existe.

Diferenças entre fome física e fome emocional

fome gula hamburguer 0517 1400x800
studiostoks/Shutterstock

A fome física é o tipo de fome real, que ocorre quando o cérebro sinaliza a necessidade de combustível, ou seja, alimento para o corpo. Trata-se de uma resposta ao estômago realmente vazio, a diminuição da reserva de gorduras ou a baixa de açúcar no sangue.

A fome emocional, por sua vez, é aquela que pede comida como recompensa por algo que falta na sua vida, sem que você mesmo perceba. Se você sente a necessidade de buscar mais alimentos, especialmente os calóricos, mesmo após as refeições, vale ligar o sinal de alerta.

Dicas e receitas para emagrecer com saúde