Se seu objetivo é emagrecer, trocar o pão pela tapioca não vai adiantar de nada

tapioca goma farinha 1016 1400x800
Iuliia Timofeeva/Shutterstock

Realizar substituições inteligentes em uma alimentação equilibrada é uma maneira simples e saudável de perder peso. Mas seguir dietas da moda, restringir opções e ignorar orientações de nutricionistas além de não produzir efeitos, ainda compromete o bom funcionamento do organismo.

Um exemplo corriqueiro de equívoco é pensar que trocar o pão pela tapioca promove emagrecimento. Se esse é o seu objetivo, saiba que não vai adiantar de nada a simples substituição.

Tapioca pode ter mais calorias que pão francês

tapioca tomate seco 1016 1400x800
Marcelo_Krelling/shutterstock

Isso porque, em calorias, comer uma tapioca pode ser até pior do que comer um pão francês. O alimento que virou queridinho de quem malha é rico em carboidratos, mas pobre em fibras e proteínas. Além disso, a tapioca tem alto índice glicêmico, ou seja, pode fazer com que o nível do açúcar no sangue baixe repentinamente, atrapalhando o processo de emagrecimento.

Quando realizadas comparações entre tapioca e pão, a primeira ainda se mostra melhor alternativa para a dieta, mas não através de uma troca simples. Afinal, o tradicional pãozinho não é exatamente um vilão quando consumido de forma inteligente. E saiba que existem maneiras certas de transformar a tapioca em uma aliada da perda de peso.

Como emagrecer comendo tapioca

cafe com tapioca 1216 1400x800
jantroyka/iStock

A tapioca só é considerada melhor alternativa ao pão francês quando ela é acompanhada por ingredientes que minimizam os efeitos nocivos provocados por seu alto índice glicêmico. As adições então são capazes de transformar o alimento em uma opção mais saudável e magra.

Para deixar sua tapioca com poder emagrecedor, adicione farinhas de chia, aveia, amaranto ou linhaça no preparo do prato. Elas irão garantir saciedade necessária para evitar fome fora de hora e aumento do apetite que pode ser causado com o consumo da tapioca simples.

Além disso, especialistas indicam que o ideal é ingerir tapioca em horários adequados, como no café da manhã, entre 1 e 2 horas antes do treino ou até 1 hora após a prática de atividades físicas.

Receitas com tapioca