mulher

Marquezine revela seu peso ideal: veja qual é e siga 4 dicas da nutricionista dela

Bruna Marquezine tem 21 anos, 1,70 cm de altura e muitas curvas. Com um corpo tido como tipicamente brasileiro, a atriz adora usar roupas de cintura alta que valorizam sua cinturinha fina e quadril largo, que foram conquistados com alimentação saudável e exercícios físicos - além de um bom empurrão da genética.

Peso de Marquezine

Em entrevista à revista Glamour, Bruna fez várias revelações, incluindo o peso que considera ideal. “Tenho balança em casa e me peso para ter um controle, porém não piro com isso. Gosto do meu corpo entre 57 e 58 kg”, revelou.

Nos seus treinos, abdominais e exercícios para enrijecer o bumbum não podem faltar porque ela gostaria de ter a barriga mais sarada e confessou que manter o bumbum bonito dá trabalho.

Dieta da famosa

Quando o assunto é alimentação, Marquezine dispensa radicalismos. Vegetariana há quase um ano, ela afirma que não é nada difícil não comer carne. “O lance é buscar em outros alimentos a proteína para não se empanturrar de carboidrato. Cogumelos e brócolis são ótimas alternativas”, fala sobre sua alimentação.

Bruna também diminuiu bastante a lactose do seu plano alimentar há dois anos, após descobrir uma intolerância ao açúcar presente no leite e em seus derivados.

“Não risquei totalmente a lactose da vida, mas evito com toda minha força. É que meu corpo muda mesmo sem ela: tenho mais energia e até meu intestino funciona melhor”, revelou à revista.

Além disso, para evitar comer besteira, leva marmita para o trabalho e afirma que sua comida preferida é cogumelo shitake com azeite e sal rosa, couve-flor e amêndoas.

Mas isso não significa que os doces são proibidos. A atriz tenta evitar comer açúcar, mas afirma que nunca pensou em cortá-lo totalmente.

Dicas da nutricionista de Marquezine

A responsável pelo plano alimentar de Marquezine é a nutricionista funcional Patrícia Davidson, que tem várias dicas para quem quer ter o corpo mais enxuto e saudável. Anote 4 conselhos poderosos da especialista:

Lanches intermediários

Nos lanches entre as refeições, Patrícia come lascas de coco, abacate, macadâmias e amêndoas, alimentos que são fontes de gorduras boas e dão saciedade.

“Minha vida lowcarb highfat [baixo carboidrato, alta gordura]. Me dá foco, disposição e ainda ajuda a perder gordura!”, comenta sobre suas escolhas de lanche.

Outra opção é comer frutas, porque elas são fonte de fibras e, em alguns casos, de gordura boa, como as sementes e oleaginosas. Além disso, muitas são ricas em carboidrato e, quando consumidas nos lanches intermediários, podem substituir o carboidrato do almoço, o que é melhor para o corpo.

Importância do café da manhã

Patrícia também ensina a jamais pular o café da manhã, já que além de fornecer nutrientes ele ainda evita a compulsão alimentar durante a tarde.

Calorias negativas

Outra dica da nutricionista é investir nos alimentos de calorias negativas, ou seja, alimentos que, quando ingeridos, exigem um gasto de calorias maior do organismo do que aquelas que oferecem.

Por isso, eles podem ser consumidos à vontade, mas cuidado para não acrescentar molhos e temperos calóricos neles. Desta forma, ao invés de ajudar a emagrecer, eles podem engordar.

Alimentos funcionais

Outra dica da nutricionista é consumiralimentos funcionais ao longo do dia. Para as mulheres entre 20 e 30 anos, as melhores opções são: goji berry, farelo de aveia, spirulina e os chás de hibisco, o de canela e o de gengibre.

Dietas das famosas