Pipoca mais saudável é feita no forno, prova estudo: aprenda a fazer

pipoca petisco milho 0519 1400x800 0
islergucleratolyesi/Shutterstock

Como você faz a sua pipoca? Tem gente que prefere a praticidade do micro-ondas, outros não dispensam a panela e há quem use pipoqueiras elétricas para fazer os grãos estourarem sem óleo. Existe, porém, um jeito ainda mais simples e saudável de preparar desta delícia.

Pipoca saudável

Os físicos franceses Emmanuel Virot e Alexandre Ponomarenko, da Escola Politécnica de Paris, fizeram um estudo para detalhar o processo em que o milho vira pipoca e identificaram a temperatura ideal para prepará-la.

Eles coloraram os grãos em uma assadeira e levaram ao forno. A cada cinco minutos, a temperatura era elevada em dez graus. Aos 180°, os pesquisadores notaram que 96% dos grãos tinham estourado.

Como fazer pipoca de forno

A conclusão do estudo foi que a temperatura crítica para um grão de pipoca é cerca de 180 graus, não importando o tamanho ou a forma do grão. Ao serem expostas a esta temperatura exata no forno, as qualidades originais do milho são preservadas e o petisco fica ainda mais saudável.

pipoca saco graos 0519 1400x800
k1bork/Shutterstock

Durante o experimento, os cientistas observaram o comportamento dos grãos usando câmeras de alta velocidade e contaram com um forno profissional de alta precisão.

Em casa, o jeito mais seguro de fazer pipoca no forno é colocar os grãos dentro de um saco de pão bem fechado, levar à assadeira e aguardar até que o intervalo entre um estouro e outro seja maior do que três segundos.

Pipoca faz bem para a saúde?

Para comer pipoca sem culpa, é preciso prestar atenção na quantidade de sal e, acima de tudo, comer com moderação. Na dose certa, o petisco pode até fazer bem à saúde: é rica em antioxidantes e polifenóis, que protegem as células contra radicais livres.

Benefícios da pipoca