mulher

Pyong pede perdão à Sammy por polêmica de traição após 3 meses: "Abomino quem fui”

Meses após se envolver em uma polêmica de traição no reality “Ilha Record” (Record TV), Pyong Lee retornou às redes sociais com um vídeo em que pede desculpas. No post, ele disse ter usado o longo período que passou longe da web para refletir sobre suas atitudes e encontrar a si mesmo – e, além de falar sobre traumas, ele também se dirigiu à ex-esposa, Sammy, e ao filho, Jake, pedindo perdão a ambos.

Pyong Lee volta às redes e pede perdão à ex

Mesmo antes de “Ilha Record” estrear, o hipnólogo e ex-BBB Pyong Lee se viu em meio a uma grande polêmica devido a atitudes que teve no reality. Em um trailer da atração, ele foi visto junto com outra participante em uma cama, cobrindo o rosto dos dois com um edredom – e, diante da cena, Sammy, então esposa de Pyong, optou por se separar dele. Na sequência, Pyong se ausentou das redes – e, agora, voltou para pedir perdão.

Em seu perfil no Instagram, Pyong publicou um vídeo que começa com o hipnólogo descrevendo o período de ausência da web. “Quase 100 dias longe das redes, 2.400 horas. Pela primeira vez na vida, eu tive coragem de me confrontar, de me enxergar sem filtro, sem opiniões externas, sem ego ou qualquer tipo de esperança. Apenas eu – o mais verdadeiro e profundo eu”, disse ele.

Após assumir que enxergou um problema em sua vida quando já era tarde, Pyong citou traumas da infância, causados pelo abandono da mãe aos nove anos e a morte do pai aos doze. “A história é longa, mas o resultado o Brasil inteiro conheceu. O lado bom e o lado ruim”, afirmou Pyong, que descreveu sua existência antes deste período de reflexão como “perdida” e detalhou o processo pelo qual passou durante os últimos 100 dias distante das redes.

“Me entristeceu ver quem eu era e para onde tudo aquilo estava me levando. Esse processo doloroso foi feito acompanhado por profissionais e líderes, mas, principalmente, por Deus. O Espírito Santo não soltou minha mão por um só segundo. Foi doloroso e assustador. Confronto é dor. Eu me libertei, renasci e encontrei minha identidade. Me reconheço como filho de Deus e abomino quem já fui”, desabafou o hipnólogo.

Na sequência, Pyong pediu perdão à Sammy, a quem descreveu como “a mulher mais incrível que já conheci. “Em 2400 horas, não existiu um segundo em que eu não me arrependesse profundamente de ter aberto uma ferida no seu coração. O coração mais companheiro, verdadeiro e fiel que eu já conheci em toda a minha vida. O coração mais puro e singelo”, afirmou ele, sem segurar as lágrimas e manifestando vontade de retomar o relacionamento.

“Sammy, quem me dera ter percebido antes o verdadeiro valor da vida. Quem me dera se eu pudesse acordar todos os dias ao seu lado, ver seu sorriso e o de nosso filho enquanto você abre a janela e o sol entra no nosso lar. Peço perdão por não ter sido melhor, peço perdão por não ter sido nem 1% do homem que você merece”, afirmou.

Além disso, Pyong também se dirigiu ao filho, Jake, fruto de seu relacionamento com a influencer. “Apesar de não entender agora, [ele] teve uma parte de sua história escrita pelas minhas escolhas e atitudes horríveis. Prometo que vou me levantar todos os dias da vida e serei diferente, melhor, para te dar orgulho de carregar meu sobrenome. Não por fama ou dinheiro, mas por honra”, afirmou Pyong.

Por fim, o ex-BBB disse que seu caráter foi transformado com a ajuda da religião e, após dizer que sem seus valores “muito bem claros e definidos”, voltou a falar diretamente com a ex-esposa. “Sammy, eu amo você e lutarei para sempre para ser digno da sua confiança algum dia novamente. Seria uma dádiva para mim ser, ao menos, seu amigo. Estar perto de você é como um pôr-do-sol no dia mais perfeito da primavera e eu seria louco se não lutasse por isso”, concluiu.

Nos comentários, a fala dele dividiu opiniões. “Errar faz parte de nossa trajetória nessa vida – o que importa é a atitude pós-erro – agora cabe apenas a parte envolvida decidir sobre o futuro dessa relação onde existe uma criança”, escreveu a apresentadora Márcia Goldschmidt. “Quando realmente perde, dá o valor! Agora que a Sammy está bem e dando a volta por cima. Espero que esse arrependimento seja verdadeiro”, disse uma internauta.

Além disso, famosos como Rafa Kalimann – que é amiga de Pyong –, Sabrina Sato, Gabi Luthai, Carlinhos Maia e Ana Paula Minerato manifestaram apoio ao hipnólogo com palmas e palavras de incentivo.

Assista ao vídeo na íntegra:

Pyong em "Ilha Record"