mulher

Yasmin Brunet nega vídeo íntimo citado por sogra com fala poderosa: “Não teria que me envergonhar"

Após ser acusada pela sogra de ter um vídeo íntimo circulando em conversas de WhatsApp e de ter vivido um relacionamento homoafetivo, Yasmin Brunet deu uma resposta de tirar o chapéu. A modelo, que é esposa de Gabriel Medina, abordou com tranquilidade as “denúncias” de Simone Medina e mostrou de forma exemplar que, apesar de segundo ela nenhuma ser real, não haveria problema se fossem.

Yasmin Brunet rebate com classe acusações da sogra

Nos últimos dias, mensagens de Simone Medina ao filho, Gabriel Medina, foram divulgadas pela mídia causando um mal-estar especialmente em Yasmin Brunet, esposa do surfista. Em suas falas, Simone disse ter recebido um vídeo íntimo da modelo quando era mais nova, atribuindo também um abordo e um relacionamento homossexual à ela e sua mãe, Luiza Brunet – algo que Yasmin rebateu com extrema classe e respeito.

Em meio à repercussão das falas da sogra, a modelo compartilhou uma carta aberta ao público em seu perfil do Instagram que começa abordando a questão do vídeo. “Uma delas diz que existiria um vídeo íntimo meu em posse de uma familiar do meu marido. Essa informação não procede. Não existe tal material. E nunca existiu”, escreveu Yasmin, dando uma lição sobre empoderamento na sequência.

“Preciso ressaltar que, mesmo que existisse, é lamentável querer diminuir uma mulher por exercer sua sexualidade. Lutamos para sermos livres para fazer o que quisermos, para ocupar lugares que nos foram negados por anos e mais anos... Para sermos donas de nossos corpos e desejos. Não teria nada que me envergonhar e nenhuma mulher também. Não compactuo com o machismo”, declarou Yasmin.

Em seguida, a modelo citou o boato sobre ter vivido um relacionamento com outra mulher de forma muito respeitosa. “Minha vida também não tem espaço para homofobia. Outra mentira criada para me atacar seria sobre um suposto relacionamento homoafetivo. Como se viver um amor fosse algo que me ofenderia. [...] Eu prezo pelo respeito às mulheres e por todos aqueles que vivem seus amores”, disse.

Por fim, ela declarou ter decidido vir a público por estar, assim como Gabriel, muito cansada da situação, e reafirmou seus valores. “Com ou sem vídeo, com ou sem um relacionamento homoafetivo, eu, todas as mulheres e todos os LGBTQIA+ merecemos respeito!”, concluiu a modelo, que recebeu uma série de mensagens positivas nos comentários da publicação.

“MARAVILHOSA”, elogiou a atriz Giselle Itié. “Se alguma ‘sex tape’ é vazada, o único culpado é quem vazou”, escreveu uma internauta. “Ninguém merece passar por isso. Força!”, disse outra. “Se expressou com maestria. Sensata, educada e respeitosa”, disse mais uma seguidora de Yasmin.

Veja o post na íntegra:

Famosos