mulher

Defesa de Gisele Bündchen a amiga modelo gerou grande polêmica: entenda

gisele bundchen modelo 0321 1400x800
Neilson Barnard/Getty Images

Nos últimos dias, a supermodelo Gisele Bündchen foi coadjuvante em uma polêmica que deu o que falar na web. Após a modelo holandesa Doutzen Kroes usar o Instagram para se posicionar contra a obrigatoriedade da vacina contra COVID-19, a brasileira saiu em defesa da amiga em meio às críticas publicadas nos comentários do post – e, com isso, ela também foi bastante reprovada na web.

Gisele é criticada ao pedir empatia a fala antivacina

Enquanto diversos países dão passos em direção à normalidade devido à vacinação em massa da população e muitos locais e eventos passam a exigir um comprovante de imunização a seus frequentadores, a modelo holandesa Doutzen Kroes fez um posicionamento antivacina que causou controvérsia. No Instagram, ela se disse nervosa por estar escrevendo aquilo, e foi direta sobre sua opinião.

“Eu não serei forçada a tomar a dose. Eu não serei forçada a provar minha saúde para participar na sociedade. Eu não aceitarei a exclusão de pessoas baseada no status médico delas”, escreveu a modelo, cujo posicionamento não está alinhado com as diretrizes da OMS (Organização Mundial da Saúde) ou de outras autoridades em saúde grandes como o CDC (Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos).

doutzen kroes 0921 1400x800
Dia Dipasupil/Equipe/Getty Images

Devido ao fato de que estas instituições médicas recomendam a vacinação e alertam para o fato de que isso só é uma medida efetiva se a adesão for coletiva, Doutzen recebeu uma série de críticas nos comentários de seu post – mas, em meio às mensagens que questionam a modelo pela atitude, Gisele Bündchen saiu em defesa dela, se dizendo chocada com o ódio.

“Conheço a Doutzen e ela é uma pessoa bondosa e amorosa. Não consigo acreditar no ódio que está sendo direcionado a ela por ter expressado seus sentimentos. Me entristece ver todo o julgamento e falta de empatia no coração de tantas pessoas. Ódio não é a resposta. A única forma de criarmos um mundo melhor é através de compaixão e aceitação”, disse ela, fazendo um pedido aos internautas.

“Convido todos a silenciarem suas mentes e mergulhar fundo para encontrar amor em seus corações, assim podemos nos unir em paz e criar harmonia. Nós precisamos mais que nunca”, escreveu a supermodelo, sendo então ainda mais criticada que Doutzen por internautas que lembraram a importância da coletividade quando o assunto é vacinação.

gisele bundchen 0921 1400x800
Kevin C. Cox/Equipe/Getty Images

“E empatia com os familiares que perderam gente pra essa doença enquanto esperavam vacina? Não tem, né? A maior prova de amor aos outros que você poderia dar era se vacinando e não contaminando mais ninguém. Que decepção!”, escreveu uma internauta.

“Sua escolha não é apenas sobre você e sua liberdade pessoa. Às vezes, escolher significa fazer uma escolha que é melhor para a comunidade. Uma escolha que apoia nossos profissionais de saúde que trabalharam incansavelmente para tomar conta de nós durante a pandemia. Uma escolha para que nossas crianças sigam saudáveis”, disse outra.

Além das respostas à mensagem deixada por Gisele no Instagram de Doutzen, o assunto também tomou o Twitter, e muita gente se expressou por lá:

Até o momento, 4,7 milhões de pessoas foram vitimadas pela COVID-19 no mundo, sendo 590 mil delas brasileiras, e, desde o início da vacinação na maior parte do mundo, os números de novos casos e novas mortes vêm caindo dia após dia.

Famosos e a COVID-19