mulher

Dona Déa fez todo mundo chorar e rir no “Mais Você“: cuidado do genro com ela é tocante

dea lucia 3 0921 1400x800
Reprodução/Rede Globo/Mais Você

Convidada do “Mais Você” no dia em que completa 74 anos de idade, dona Déa Lúcia, mãe do humorista Paulo Gustavo, fez todo mundo rir e chorar ao mesmo tempo ao conversar com Ana Maria Braga. Na entrevista, ela relembrou o filho com muito carinho e falou sobre seu estado emocional quatro meses após a morte dele – mas também deu boas gargalhadas e, acima de tudo, mostrou que o ator teve a quem puxar.

Mãe de Paulo Gustavo faz web ir do choro ao riso no "Mais Você"

Ao participar de uma conversa com Ana Maria Braga no “Mais Você” recentemente, Déa Lúcia, mãe de Paulo Gustavo, emocionou o Brasil ao mesmo tempo em que fez todo mundo dar risada. Recebida pela apresentadora no dia de seu aniversário, ela começou o papo afirmando que, neste ano, não há o que se celebrar, e se emocionou ao falar sobre como está sendo viver a data sem o filho pela primeira vez.

dea lucia 4 0921 1400x800
Reprodução/Rede Globo/Mais Você

“É difícil, né? Tenho muitos amigos também e todo mundo querendo vir aqui em casa... É difícil, não dá para comemorar. Eu vou almoçar com meu genro, o Thales, as crianças vêm aqui, minha irmã... Vai ser isso hoje. Não tem como comemorar nada”, disse Déa, emocionada. Na sequência, ela teve sua força exaltada por Ana Maria, e falou de forma linda sobre o que a traz motivação.

“Essa força, Ana... Essa força vem da fé, sabe? Eu tenho muita fé. Agradeço a Deus todos os dias de ter tido a oportunidade de ter sido mãe dele e ele ser meu filho. Foi um aprendizado para nós dois, sabe? Mas é a fé que me sustenta”, relatou a mãe do humorista, que, hoje, vive sua outra filha – e mostra, na relação com Juliana, que muito de Paulo Gustavo ainda vive dentro de si.

“Eu preciso dela e ela precisa de mim. Não que ela tenha obrigação, é um peso muito forta para ela. Mas, por enquanto, eu estou morando com ela e ela mora comigo, nós duas. [...] Juliana é muito preocupada comigo. Ela leva as coisas mais sérias e o Paulo Gustavo, apesar de sério, levava as coisas mais leve. [...] Juliana é bravinha, um touro bravinho, e Paulo Gustavo levava tudo na sacanagem, na brincadeira. Eu tento ser essa parte para ela, dizer: ‘Juju, as coisas não são bem assim, fica na sua’. Ela zanga comigo, acha que é minha mãe”, disse Déa em meio a risos.

Além de lembrar a todos sobre a importância de tomar a vacina – oportunidade que o filho infelizmente não teve –, Déa relatou que ela mesma teve um quadro assintomático de COVID-19 em dezembro de 2020 – e, ao falar sobre isso, ela relembrou a forma hilária como Paulo lidou com a notícia. “Ele brincava comigo, me ligava e dizia: ‘Mãe, você está mesmo com Covid? Você é tão raça ruim que nem Covid aguentou você?’. Me sacaneava como sempre”, comentou Déa.

Em celebração ao aniversário, Déa também recebeu um recado mais que especial, e se emocionou muito ao ver o genro, Thales Bretas, e os netos, Romeu e Gael, lhe mandando uma mensagem em vídeo. Após cair na risada com os pequenos cantando parabéns, ela não conseguiu segurar as lágrimas ao revelar que, após a morte de Paulo Gustavo, Thales cuida dela da mesma forma que o humorista fazia.

“Meu genro faz tudo por mim. Tudo que você possa imaginar! Eu sou aposentada e aposentado ganha um amerreca. Meu filho me sustentava. Meu filho morreu e o Thales faz TUDO, Ana. Preciso falar isso para o Brasil, para dizer do amor, da importância da família. O Thales faz tudo por mim. Quero fazer um agradecimento público e dizer do meu amor por ele. Que meu filho soube escolher um homem maravilhoso”, afirmou.

Por fim, após muita emoção, Déa passou por um momento hilário com Ana Maria, que fez uma revelação sobre a vida amorosa dela. “Um passarinho me contou que você tem um português”, disse a apresentadora, fazendo a mãe de Paulo Gustavo cair na risada e “brigar” com Ana. “Você é fofoqueira, Ana? Você não é fofoqueira, Ana. Vai me matar do coração. Infarto e você vai ficar com isso na cabeça. Culpa!”, brincou.

Na sequência, ela explicou quem seria o homem misterioso, voltando a fazer brincadeiras. “Eu sempre falei para Paulo Gustavo que eu tinha um namorado. Ele ficava enchendo meu saco e eu fizia: ‘Eu tenho um português’. Hoje, arrumando tudo para vir ao seu programa, um funcionário seu ficou dizendo que eu era um pitel. Falei: ‘Você está me cantando? Eu tenho um português!’. Fofoqueiro, ele foi lá contar para você. Agora o Brasil inteiro vai querer ver o português”, disse, entre risos.

dea lucia 9 0921 1400x800
Reprodução/Rede Globo/Mais Você

Concluindo a entrevista com muito bom humor, ela prometeu apresentá-lo para Ana – mas, de última hora, “desistiu”. “Quando acabar a pandemia, você me convida e eu vou lá para São Paulo na sua casa, tomo um vinho e levo o português junto. Ah, eu não. Depois ele se apaixona por você. Não, o português eu não levo, não!”, brincou Déa, que, durante o papo, fez todo mundo rir e chorar nas redes sociais.

Paulo Gustavo