mulher

Casamento, atrito com noras e até processo na Justiça: entenda as brigas na família de Gabriel Medina

gabriel medina 07 21 1400 800
Ryan Pierse/Getty Images

Ficar de fora do pódio do surf nas Olimpíadas de Tóquio foi apenas mais uma prova de que 2021 não tem sido o melhor ano para Gabriel Medina. Além da derrota nos Jogos, o atleta ainda precisou enfrentar ondas turbulentas na vida pessoal.

Em pouco mais de seis meses, Gabriel Medina se casou, dispensou o padrasto que cuidava de sua carreira, brigou com a mãe, se afastou de amigos e parentes e viu seu nome envolvido em uma série de polêmicas familiares.

Entenda a briga da família Medina

Em janeiro de 2021, Gabriel Medina se casou com Yasmin Brunet em uma cerimônia íntima no Havaí. O surfista e a modelo constantemente trocam mensagens apaixonadas e parecem viver em eterna lua de mel. O relacionamento amoroso, no entanto, teria sido o estopim da briga familiar.

Pouco depois do casamento, uma série de “unfollows” entre os familiares chamou a atenção do público. Em fevereiro, Gabriel e Yasmin deixaram de seguir no Instagram Charles Medina, padrasto e instrutor do surfista, e Simone, mãe do atleta, que também deixaram de fazer parte das redes sociais do casal.

Em 16 de abril, Medina participou de um campeonato de surf na Austrália e, pela primeira vez em sua carreira, dispensou a presença do padrasto. A mãe do atleta também não compareceu à vitória do filho.

Simone e Charles sempre foram bastante exigentes com Gabriel e têm grande responsabilidade pelo sucesso do surfista. A mãe do atleta é uma das sócias da SGM Esportes (Simone Gabriel Medina Esportes), que atua na área de consultoria esportiva e gestão empresarial, enquanto Charles foi treinador do atleta desde que ele começou no esporte, aos 11 anos de idade.

Mãe de Gabriel Medina briga com as noras

A briga familiar se tornou pública quando a mãe de Gabriel Medina revelou que sua relação com o filho mudou após o atleta conhecer Yasmin, em março de 2020.

"Ela chegou para passar um fim de semana e não saiu mais da casa dele. Eles vivem uma relação controladora. Nem com a irmã ele fala mais. Ela afastou ele de todo mundo. Ela determina o que ele deve comer”, contou Simone em entrevista ao jornalista Léo Dias.

Além de reprovar o relacionamento de Gabriel com Yasmin, Simone ainda brigou com a outra nora, Bruna Bordini, esposa de Felipe, irmão de Medina. Neste caso, a confusão foi até parar na Justiça.

Em seu perfil no Instagram, Bruna, que é influenciadora digital, contou que teria sido expulsa por Simone da casa em que morava em Maresias, litoral de São Paulo, porque não quis aceitar um emprego oferecido pela sogra.

De acordo com a mãe de Medina, Bruna e Felipe moraram na casa emprestada por ela por mais de um ano, mas decidiu começar a cobrar pelos gastos depois que a nora rejeitou sua oferta de trabalho.

"Eu paguei tudo por um ano para eles fazerem uma reserva de dinheiro. Mas depois desse tempo, eu não vi ninguém trabalhar e concluí que era uma situação muito cômoda. Ofereci um emprego na minha loja, trabalhando 4 horas por dia, mas quando eu pedi a carteira de trabalho dela, ela criou briga”, disse Simone.

Por causa do desabafo de Bruna nas redes sociais, a mãe de Medina pediu na Justiça retratação pública da nora, além de uma indenização de R$ 100 mil por danos morais.

Simone afirma que acredita que a relação dela com os filhos irá se resolver, mas já garantiu que a empresa que têm juntos está sendo dissolvida.

Poucos dias antes das Olimpíadas de Tóquio, Gabriel Medina fez uma postagem no Instagram se manifestando pela primeira vez sobre o assunto. Na publicação, afirmou: "Um dia vou compartilhar tudo o que aconteceu e está acontecendo em relação à minha família. Mas, por enquanto, só quero paz e tranquilidade".

Gabriel Medina e Yasmin Brunet