mulher

Desfile de biquínis mostrou que beleza não tem tamanho nem idade: evento foi inspirador

sports illustrated swimsuit runway show 2019
Frazer Harrison/Getty Images for Sports Illustrated

Desde o seu lançamento em 1964, a revista Sports Illustrated Swimsuit Issue fotografou belas celebridades, atletas e modelos. Por muito tempo, assim como a maioria das publicações, apenas mulheres altas, magras e brancas apareciam em suas capas. No entanto, em 1996, Tyra Banks finalmente se tornou a primeira modelo negra a ser estrela da revista.

Esse primeiro passo foi o início de um longo processo que, felizmente, hoje faz com que a revista seja uma das primeiras a apresentar modelos e celebridades de diferentes tons de pele, corpos e idades. A edição de agosto de 2021, por exemplo, terá a primeira mulher trans na capa: Leyna Bloom.

leyna bloom tyra banks 2021 sports illustrated swimsuit cover reveal
Dimitrios Kambouris/Getty Images for Sports Illustrated Swimsuit

ASports Illustrated Swimsuit Issue não se concentra apenas em mostrar a diversidade da beleza feminina nas páginas das diferentes edições de suas revistas, mas também apresenta as belas modelos em um desfile anual.

Na edição de 2021, tivemos a oportunidade de constatar que a beleza não é exclusiva das silhuetas magras e jovens, mas também de uma grande variedade de modelos que exibem corpos com os quais muito mais mulheres podem de identificar.

A modelo e influenciadora Natalie Mariduena, por exemplo, mostrou que é possível ter quadris proeminentes e ficar espetacular em um maiô bem cavado.

Por sua vez, a modelo Kathy Jacobs deixou claro que a beleza não tem idade nem estatura. Kathy, de 57 anos e 1,58 m de altura, conquista o público com sua beleza.

Modelos como Gabriella Athena Halikas, Natalie Gage e Amanda Kay mostraram como biquínis e maiôs incríveis ficam belos também em silhuetas curvilíneas e plus size.

A maioria das modelos plus size que cativaram a passarela mostraram que duas das qualidades mais atraentes para desfilar o biquíni que você mais gosta são a segurança e a autoconfiança. Veja como Gabriella Athena fez isso:

Ou que tal essa pose superpoderosa de Natalie Gage, que explicou que uma das coisas que nunca sai de moda é "verdadeira autoaceitação e amor-próprio"?

Graças a este trabalho, muito mais mulheres podem se sentir representadas na mídia, independentemente de não terem cinturas finas ou barrigas definidas.

Beleza real e autoestima

Matéria traduzida do original de VIX espanhol, do autor Raquel Ortiz.