mulher

‘Desculpa ser pai de um monstro’: pais do ‘Maníaco de Brasília’ comovem com depoimento

Em meio às buscas por Lázaro Barbosa, responsável por crimes que têm aterrorizado moradores do Distrito Federal, os pais do fugitivo se pronunciaram nos últimos dias. Procurados pela mídia, ambos se mostraram decepcionados com o filho – e, em um depoimento tocante, o pai de Lázaro chegou até a pedir desculpas por ser “pai de um monstro”.

Pais de Lázaro Barbosa quebram silêncio sobre o filho

Conforme a polícia completa dez dias de buscas por Lázaro Ramos, os pais do fugitivo quebraram o silêncio sobre a situação. À mídia, os dois deram declarações pesarosas, e a mãe de Lázaro, Eva Maria de Souza, se mostrou ansiosa pela prisão dele. “O que eu mais quero é que ele seja preso para esclarecer toda a verdade. Eu acredito naquilo que tem certeza, que teve digital, como lá nas casas que pegaram a digital dele”, disse ela em entrevista transmitida pela TV Anhanguera, afiliada da Rede Globo.

mae lazaro barbosa 0621 1400x800
Reprodução/TV Anhanguera Goiás/Bom Dia Goiás

Em seguida, ela mandou um recado para o filho. “Eu quero que você se entregue. Não vai ter jeito para tu. Então, você se entrega e esclareça toda a verdade. Ninguém vai te matar, ninguém está querendo te matar, apenas estamos querendo a verdade”, disse ela ao “Hora News” (Record TV). Enquanto isso, o pai de Lázaro se dirigiu às vítimas do filho, e se mostrou bastante magoado com os feitos dele.

“Fazer nada eu não posso, mas o que eu posso fazer em palavras é tentar confortar os corações e pedir muitas desculpas por ser pai de uma pessoa desequilibrada, assassina e que eu considero como monstro. Pedir muitas, muitas desculpas. Se eu pudesse voltar atrás e consertar tudo, consertaria agora, mas eu apenas não posso”, disse ele em entrevista transmitida pelo “Balanço Geral” (Record TV).

pai lazaro barbosa 0621 1400x800
Reprodução/Record TV/Balanço Geral

Na web, internautas se comoveram com a situação, solidários especialmente com o pai de Lázaro:

Preso pela primeira vez em 2007 por duplo homicídio, Lázaro Barbosa tem uma trajetória marcada por fugas. Após fugir da primeira prisão, ele voltou a ser capturado em 2009 por roubo, estupro e porte de arma, mas, em 2016, dois anos após ser colocado em regime semiaberto, fugiu novamente. Em 2018, passou outros quatro meses preso antes de fugir novamente, e neste ano tem cometido uma série de crimes no Distrito Federal – incluindo o sequestro de uma família e uma chacina que chocou o País.