explore

Projeto Luz do Dia leva paciente para ver família após 36 dias internado por Covid-19

Alguns hospitais estão tentando tratar de forma mais humanizada pacientes que tiveram complicações causadas pela Covid-19 e estão há bastante tempo internados. Um deles fica na cidade de Biguaçu, Santa Catarina.

Recentemente o hospital criou um projeto chamado Luz do Dia com a Família, que consiste em levar pacientes internados, que não transmitem mais o vírus, ao pátio do hospital para ver o céu e a família. E o paciente que inaugurou o projeto teve um reencontro emocionante com a família.

Hospital promove encontro de paciente com a família

O projeto foi criado pela equipe da UTI que cuida da pacientes com Covid-19, do Hospital Regional Helmuth Nass, em Biguaçu, no estado de Santa Catarina, e inaugurado na última sexta-feira (16).

No perfil do Instagram, o hospital divulgou mais informações sobre a iniciativa: "Hoje iniciamos um novo projeto com os Pacientes da UTI Covid do Hospital: o qual alguns pacientes internados, que não transmitem mais a doença e estão com quadro clínico compatível para tal ação, podem ir até a área externa do Hospital e ver a luz do dia acompanhados pelos familiares e profissionais".

O primeiro paciente a participar foi Daniel Ferreira, que estava há 36 dias internado sem ver a luz do dia. No área externa do hospital ele pôde ver o céu e reencontrar a esposa e uma das filhas. O momento também foi compartilhado nas redes sociais do hospital (arraste para o lado para conferir todas as imagens):

"Foi muito importante para meu esposo poder ver a luz do dia após 36 dias fechado no quarto de UTI, e poder estar ali comigo e minha filha nesta manhã, interagindo pela primeira vez, ele estando acordado, foi muito incrível e emocionante. Não temos palavras que traduzam nossa gratidão e alegria por todo bem que está equipe médica fez por nós", afirmou a esposa do paciente, Marines.

Marines ainda agradeceu a iniciativa do hospital e da equipe médica: Muiiiito obrigada. Merecem muuuuuito todo carinho e estrutura cada vez melhor para continuarem fazendo o melhor pelos pacientes que tratam com muito amor".

Covid-19: histórias que inspiram