mulher

Rafa Kalimann não aceitar próprio corpo só mostra quão cruéis são padrões de beleza

Rafa Kalimann ganhou ainda mais fama após participar do "Big Brother Brasil 20", no ano passado. Atualmente, ela tem mais de 20 milhões de seguidores no Instagram.

O perfil da digital influencer é repleto de fotos de biquíni e looks que deixam várias partes do corpo à mostra e quem vê Rafa compartilhando fotos assim, nem imagina que ela já teve que fazer terapia para se aceitar.

Rafa Kalimann fez terapia para aceitar o corpo

Recentemente, Rafa Kalimann foi capa da Cool Magazine e, durante a entrevista, contou como lida com os padrões de beleza impostos pela sociedade.

A ex-BBB disse que, atualmente, isso não é mais uma questão para ela, mas, revelou que, no passado, precisou fazer terapia para aceitar o próprio corpo.

"Eu já me pressionei muito em questão ao meu corpo, por não aceitar meu biotipo e não me via da forma que eu realmente sou e isso foi um problema pra mim e pra minha autoestima, até eu procurar ajuda e começar a fazer terapia", afirmou.

Vale relembrar que Rafa é uma mulher magra e dentro de todos os padrões de beleza, lindíssima, aliás. A única coisa que muda é que ela não é magérrima, tem coxas grossas e bumbum grande.

O fato de até uma mulher como Kalimann não se aceitar, só mostra quão cruel a sociedade é com a mulher, que tem não apenas que travar lutas internas e externas todos os dias para ser encarada como desejável, mas ainda colocar o quesito "beleza" como uma de suas principais metas de vida.

Rafa contou ainda que não se encontrava no próprio corpo e que segue fazendo sessões de terapia: "Sigo fazendo há quatro anos, justamente porque eu não conseguia me encontrar no meu próprio corpo, eu não tinha amor e carinho com ele, eu queria ter outro biotipo, na época, e não compreendia que o que eu tenho é lindo".

A terapia também ajudou Rafa a se libertar e não dar tanta importância à críticas que recebe nas redes sociais e criar um autocuidado que envolve saúde e bem-estar.

"Eu acredito que após essa libertação, eu acabo não dando ouvidos se as pessoas me criticam ou não e as pessoas sentem isso. Claro que existe uma cobrança porque queremos sempre estarmos cada vez melhor e sentirmos bem, com saúde, com bem-estar, então tenho meus momentos de cuidados com a minha alimentação, mas isso não determina o quanto eu amo meu corpo do jeito que ele é", finalizou a ex-BBB.

Mais sobre Rafa Kalimann