mulher

16 datas, eclipses e trânsitos astrológicos importantes darão o tom de 2021: previsões

signos astrologia zodiaco 1217 1400x800
vchal/istock

Após um ano regido pelo Sol, 2021 estará sob a regência do planeta Vênus, mas este não é o único aspecto astrológico que afetará o coletivo ao longo dos próximos meses. De acordo com a astróloga Virginia Gaia, outros fatores como eclipses, planetas retrógrados e mais trânsitos também ajudam a dar o tom do ano – e, ao VIX, ela esclareceu como e quando isso deve acontecer.

Previsões para 2021: trânsitos importantes

#1: Regência de Vênus em um ciclo de Saturno

venus saturno planetas 1120 1400x800 0
NASA images/Shutterstock | Ezume Images/Shutterstock

Conforme explica a astróloga, Vênus é um planeta que rege as finanças, a beleza, as parcerias e as relações sociais de forma geral e, por isso, a partir de meados de março - quando o novo ano astrológico começa de fato, com o ingresso de Sol em Áries -, estes aspectos tendem a ficar em evidência. “Valores pessoais serão revistos e novas formas de relacionamento estarão em destaque”, afirma ela.

A regência de Vênus, no entanto, está inserida em um ciclo saturnino que teve início em 2017 – e isso, segundo Virginia, significa que estas mudanças proporcionadas pela regência de Vênus ocorrem dentro de um já intenso processo de transformação coletiva gerado pelo planeta Saturno.

#2: Saturno e Júpiter em Aquário

saturno jupiter 1120 1400x800 0
Vadim Sadovski/shutterstock | Vadim Sadovski/Shutterstock

Até o fim de 2020, Júpiter e Saturno estão em um ciclo de encontros em signos de terra, mas, a partir do final do ano, a dupla de planetas dá início a um novo ciclo. Agora, durante os próximos 200 anos, eles vão entrar em conjunção em signos do elemento ar – e, entre dezembro de 2020 e dezembro de 2021, eles ficam juntos em Aquário, algo que traz características impactantes para o período.

Conforme explica Virginia, essa transição é historicamente conhecida por mudanças profundas na forma como a sociedade funciona. Sendo assim, é possível esperar transformações grandiosas nos âmbitos da tecnologia, comunicação e ciência. Durante este período, também é possível que haja o surgimento de novas lideranças.

#3: Júpiter em Peixes

jupiter peixes 1120 1400x800 0
NASA/JPL-Caltech/SwRI/MSSS/Gerald Eichstädt/Seán Doran | Allexxandar/Shutterstock

Apesar de passar o ano praticamente inteiro transitando em Aquário com Saturno, Júpiter terá, em 2021, um período no qual ficará no signo de Peixes, algo que acontece entre maio e julho e também impacta a sociedade. Segundo Virginia, é possível que haja mais interesse por temas místicos e religiosos, uma necessidade maior de assistência a populações menos favorecidas e um bom momento para temas relacionados à saúde.

Datas-chave

Planetas retrógrados

A retrogradação de planetas, segundo Virginia, é uma ilusão de ótica causada pela distância entre as órbitas dos planetas no espaço e a velocidade na qual eles giram ao redor do sol, fatores que fazem parecer que certos astros estão andando na direção oposta à sequência normal dos signos. Apesar de ser uma ilusão, porém, este fenômeno também impacta a sociedade.

Conforme explica a astróloga, ainda que este fenômeno seja visto como negativo por muitos, isso não é necessariamente real, mas momentos de retrogradação pedem, de fato, maior atenção aos temas regidos pelos planetas que estiverem nesse trânsito “ao contrário” – e, em 2021, haverá muitos deles.

#4, 5 e 6: Mercúrio retrógrado

planeta mercurio retrogrado 0818 1400x800
Vadim Sadovski/shutterstock

Um dos mais temidos trânsitos astrológicos, Mercúrio retrógrado mexe especialmente com a comunicação e o cotidiano, temas regidos pelo planeta. Com isso, é provável haver desentendimentos, atrasos, dificuldades em resolver situações do dia a dia que envolvem aparelhos e problemas com transações eletrônicas, dentre outros percalços típicos da retrogração de Mercúrio, nas seguintes datas:

  • de 30/01/21 a 20/02/21
  • de 29/05/21 a 22/06/21
  • de 27/09/21 a 18/10/21

#7: Vênus retrógrado

planeta venus 0920 1400x800
Dotted Yeti/Shutterstock

Por ser regente dos relacionamentos e dos valores pessoais, Vênus, quando retrógrado, aponta para a necessidade de revisões no campo das relações humanas, da diplomacia, e pode gerar instabilidade quando o assunto é finanças. Isso, em 2021, começa a acontecer em 19 de dezembro – e o trânsito continua até 29 de janeiro de 2022.

#8: Júpiter retrógrado

jupiter sistema solar 1400x800 0617
Vadim Sadovski/Shutterstock

Segundo Virginia, Júpiter rege a expansão tanto da educação quanto das grandes viagens e, quando está retrógrado, pede revisão de questões ligadas a crenças pessoais e relações internacionais. Além disso, este trânsito também pode alterar o ritmo de crescimento em projetos de longo prazo e, em 2021, isso acontece entre 20 de junho e 18 de outubro.

#9: Saturno retrógrado

saturno planeta astronomia 0118 1400x800
da-kuk / iStock

Saturno é o regente do planejamento e dos grandes ciclos de tempo e, por isso, quando fica retrógrado, demanda revisão de planos e projetos futuros, algo que acontece entre 23 de maio e 10 de outubro em 2021.

#10: Urano retrógrado

urano 1118 1400x800
NASA images/Shutterstock

Quando retrógrado, Urano – que rege a inovação e a tecnologia – gera reflexão sobre assuntos relacionados à ciência e às organizações sociais. Segundo Virginia, o planeta já está neste movimento “ao contrário” desde 15 de agosto de 2020, algo que deve durar até 14 de janeiro do ano que vem e se repetir em 19 de agosto de 2021, permanecendo assim até 18 de janeiro de 2022.

#11: Netuno retrógrado

netuno planeta espaco 0517 1400x800
Vadim Sadovski/shutterstock

Conforme explica a astróloga, Netuno é responsável pelo psiquismo e por movimentos de massa, então, quando fica retrógrado, estimula a revisão de assuntos ligados a temas coletivos, de religião e compaixão. Isso, segundo ela, acontece entre 25 de junho e 1º de dezembro de 2021.

#12: Plutão retrógrado

plutao 1118 1400x800
NASA images/Shutterstock

Plutão, apesar de astronomicamente não ser considerado mais um dos planetas do sistema solar, segue sendo bastante significativo para a astrologia e, neste contexto, rege a sexualidade, o ocultismo e o inconsciente. Quando retrógrado, ele evoca a reflexão sobre temas que são tabu, assuntos obscuros e também relações de poder – algo que ocorre entre 27 de abril e 6 de outubro de 2021.

#13, 14, 15 e 16: Eclipses

eclipse solar anular 1118 1400x800
Ken1200/Shutterstock

Outro fenômeno astrológico que afeta a sociedade de forma geral é o eclipse e, em 2021, haverá quatro ao total, sendo dois deles lunares e dois solares. Segundo Virginia, três deles (o primeiro, o segundo e o último) ocorrem no eixo Gêmeos-Sagitário, enfatizando incertezas com relação a viagens, transformando a comunicação internacional e refletindo mudanças no contexto das relações entre países. Estes, por sua vez, ocorrem nas seguintes datas:

  • 26/05 (eclipse lunar total em Sagitário)
  • 10/06 (eclipse solar anular em Gêmeos)
  • 04/12 (eclipse solar total em Sagitário)

Além destes três eclipses, haverá também um único eclipse que não ocorre no eixo Gêmeos-Sagitário, mas sim em Touro:

  • 19/11 (eclipse lunar parcial em Touro)

Segundo Virginia, ele deve influenciar, sobretudo, a economia, destacando a necessidade de desapegar de padrões ultrapassados e reinventar a maneira de gerar riqueza.

Simpatias e previsões