mulher

Blogueira e marido inspiram ao mostrar que todo mundo pode e deve ser amado como é

Instagram

Em meio aos muitos preconceitos que pessoas gordas sofrem, há a ideia comum de que elas só “encontram” um par quando a outra pessoa faz isso por dó, em forma de favor.

Isso, no entanto, não condiz com a realidade – e, ao usar a web para compartilhar tanto sua jornada de mudanças corporais quanto momentos fofos de seu relacionamento de anos, a blogueira Camila Monteiro desafia este conceito dia após dia com lindas lições.

Casal encanta web ao mostrar real significado do amor

Portadora de um distúrbio alimentar chamado Transtorno da Compulsão Alimentar Periódica, Camila atingiu seu peso máximo há cerca de dois anos, quando a balança marcou 150 kg, e passou por uma série de mudanças corporais desde então. Por problemas de saúde causados pela obesidade, ela entrou em um processo de emagrecimento e, atualmente, soma 88 kg perdidos.

Instagram

Tanto antes quanto depois do emagrecimento, porém, ela convive com comentários humilhantes e opiniões ofensivas – algo que, além de mirar o corpo da blogueira, também mira seu relacionamento. Casada há um ano, Camila conheceu o marido Carlos quando pesava cerca de 130 kg e, mesmo sabendo que ele acompanhou toda a transformação dela, muita gente questiona o quão verdadeiro é o amor dele por ela.

Instagram

No perfil de Camila no Instagram, onde ela fala abertamente sobre amor próprio, compulsão alimentar e peso, não é difícil encontrar comentários que desacreditam a relação dela com o marido. Neles, muitos especulam que Carlos só está com ela por ter um “fetiche por mulheres gordas” ou por ser gay e precisar esconder a sexualidade do mundo, além de questionarem como ela teve “coragem” de se casar antes de emagrecer.

Instagram

O casal, porém, não se deixa abalar; na rede social, a blogueira vive discutindo o fato de que pessoas gordas têm, como todas as outras, o direito e a possibilidade de ser amadas – e as belas lições dadas pelos dois provam isso. Em uma postagem recente, por exemplo, Carlos aparece segurando Camila no colo em várias fases da vida e, na legenda, ela explica o que isso a ensinou sobre amor verdadeiro e relacionamentos saudáveis.

Segundo a blogueira, ela sempre teve o sonho de poder ser carregada no colo, mas era ofendida quando falava sobre isso antes de perder peso. “Sempre que eu falava isso pra algum namorado da época, eles riam de mim. Escutava respostas como ‘Tá doida? Vou me quebrar inteiro’, ou coisas como ‘Se eu te levantar, depois eu que não me levanto mais’, ou então ‘você tá muito gorda, emagrece primeiro’”, relatou.

View this post on Instagram

Eu sempre tive o sonho de poder ser carregada no colo. Arraste para o lado e veja os dois vídeos. Por mais bobo que seja, aquilo significava muito pra mim. Sempre que eu falava isso pra algum namorado da época, eles riam de mim. Escutava respostas como “Tá doida? Vou me quebrar inteiro”, ou coisas como “Se eu te levantar, depois eu que não me levanto mais”, ou então “você tá muito gorda, emagrece primeiro”. O que mais me machucava não era o “não”, era a forma que aquilo era dito. Me sentia humilhada. Aí chegou o @carloshenriquerebolo na minha vida e tudo mudou. Eu pesava 60 kg a mais que o Carlos, o que era quase o peso que ele tinha na época. Após escutar a minha história - e sem nem eu mesmo pedir - se ofereceu pra me pegar entre seus braços. Meu coração se encheu de alegria. E veja no primeiro vídeo: ele não era nenhum cara musculoso e mesmo assim conseguiu me pegar em seus braços. Todos os meus outros exs eram bem maiores e mais fortes que ele! O diferencial dele? O amor por mim. A força de querer me fazer feliz. O cuidado, carinho e sua gentileza infinita. Ele jamais esperou que eu emagrecesse pra me carregar nos seus braços. Fazemos isso até a data de hoje. A diferença é que hoje em dia quem pesa mais é ele. De qualquer forma, meu peso nunca fez diferença pra ele! Quando se há amor de verdade não existe peso. Apenas a leveza de aceitar o outro do jeitinho que se é. ❤️

A post shared by CAMILA MONTEIRO (@camilamonteiro) on

Com Carlos, porém, foi diferente – mesmo pesando cerca de 60 kg a mais que ele, isso nunca foi um impedimento. “Após escutar minha história – e sem nem eu mesmo pedir – [ele] se ofereceu pra me pegar entre seus braços. Meu coração se encheu de alegria”, disse ela, se referindo a um vídeo em que ela corre até o então namorado e ele a suspende no colo. Segundo ela, a situação não tem nada a ver com força.

“Ele não era nenhum cara musculoso e mesmo assim conseguiu me pegar em seus braços. Todos os meus outros ex eram bem maiores e mais fortes que ele! O diferencial dele? O amor por mim. A força de querer me fazer feliz. O cuidado, carinho e sua gentileza infinita. Ele jamais esperou que eu emagrecesse pra me carregar nos braços. Fazemos isso até a data de hoje”, escreveu a blogueira.

Instagram

Em outra postagem, ela relembrou situações de humilhação e preconceito por parte de ex-namorados, reconhecendo que ela mesma pensava que não poderia encontrar um amor enquanto não perdesse peso – algo que Carlos provou não ser real. “Ele me acha gata independente do meu peso. Me elogia e me coloca pra cima TODOS os dias!”, disse ela, incentivando outras mulheres gordas a não se prenderem a relacionamentos ruins.

“Saiba que o Senhor tem separado pra você uma pessoa que vai te amar e te desejar independente do seu tamanho. Sei que temos que ver beleza na gente não importando o que o outro acha, mas é importante sim a gente estar junto de quem nos valoriza em todos os aspectos, incluindo o físico. Não se prenda a quem só te derruba!”, disse ela – e o marido compartilha de todas as suas opiniões.
Instagram

Em uma carta escrita por ele para Camila e deixada no perfil dela de surpresa em formato de postagem, Carlos falou sobre a forma como as pessoas sempre desacreditam a relação deles, e rebateu as “teorias” de que ele estaria com ela por outros motivos que não amor. “A verdade era muito mais simples: eu adorava aquela mulher de qualquer jeito, independente de peso, altura, cor do cabelo ou qualquer outra coisa. Ela era linda num nível que chega a ser absurdo (e, como vocês podem ver, isso não mudou)”, disse.

Além disso, ele falou sobre a perda de peso da esposa, deixando claro que apoiaria todas as decisões dela. “Quando ela quis perder peso eu apoiei, mas só porque ELA queria emagrecer. Eu amei muito e desejei muito ela em todos os pesos, medidas e versões, e ela sabe muito bem disso (confia em mim, ela sabe)”, disse ele, relembrando as diversas fases dela e se declarando.

Instagram

“Conheci ela com 130 kg, começamos a namorar quando ela tinha uns 110 kg, casamos no civil quando ela tinha uns 95 kg, e no religioso com 85 kg. Ela estava gorda, e foi a coisa mais linda que já vi na vida. Nunca vou esquecer a imagem dela andando até o altar, foi o momento mais feliz da minha vida”, se derreteu, deixando também uma mensagem a outras mulheres gordas.

“Você que está lendo esse texto e se identifica: você merece ser amada e desejada por inteiro. Você não merece ser escondida. Você não merece migalhas. Você não precisa mudar nada em você. Você não é só um rosto bonito. Você é um corpo INTEIRO”, lembrou.

Além disso, ele deixou claro que, apesar de muitos os considerarem “meta de relacionamento”, uma relação cheia de amor deveria ser algo normal, não inusitado.

Instagram

“Eu não sou o ‘marido perfeito’ por trata-la bem, por ser companheiro e fiel. Eu não sou perfeito por não me incomodar com estrias, celulite e gordura. Não se exalta o que deveria ser regra”, avaliou. Atualmente, Camila está passando por algumas cirurgias para retirar o excesso de pele pós-emagrecimento que causa incômodos e problemas dermatológicos, e o casal encanta ao mostrar a parceria também na recuperação.

Histórias inspiradoras