mulher

Vídeo de jogador do Santos aos prantos após episódio de racismo viraliza e gera comoção

Instagram

Ao ser expulso do campo na partida de futebol entre Santos e Ponte Preta na última quinta-feira (30), Marinho, atacante do primeiro clube, foi alvo de uma fala racista por parte de um comentarista de rádio. Na ocasião, Fabio Benedetti disse que, pela expulsão, diria que ele “está na senzala” – algo a que o atacante respondeu em seu perfil no Instagram com um desabafo forte.

Jogador do Santos rebate ofensa racista

Em meio ao jogo que tirou o Santos do Campeonato Paulista, o atacante do clube, Marinho, recebeu um cartão vermelho e teve de sair de campo. Diante disso, Benedetti – que é comentarista esportivo da rádio Energia 97 – fez um comentário ofensivo ao ser questionado pelo apresentador sobre o que diria a Marinho sobre a situação em um grupo de WhatsApp.

“Eu vou falar assim: ‘Você é burro, você está na senzala, vai sair do grupo por uma semana para pensar no que você fez’”, disse Benedetti, fazendo alusão aos locais em que escravos negros ficavam.

Ao tomar conhecimento sobre a ofensa, Marinho então usou as redes sociais para rebatê-la, publicando uma foto em que ele aparece com a filha pequena junto de um texto.

“Essa foto mostra e minha filha Alicia, negra como EU, cabelo black ou trança, nada esconde quem somos, ser humano igual a qualquer outro, e ontem um rapaz aí após minha expulsão, acabou falando pra eu voltar pra senzala!”, expôs, afirmando ter orgulho de ser quem é. “Tenho orgulho da minha cor, orgulho de onde vim, você é pai e ensine teus filhos a ser diferente de você em pensamento!”, afirmou.

View this post on Instagram

O momento não é dos melhores! Essa foto mostra e minha filha alicia negra como EU, cabelo black ou trança, nada esconde quem somos, ser humano igual a qualquer outro, e ontem um rapaz aí após minha expulsão, acabou falando pra eu voltar pra senzala! Mandar amigos me chamar não prova pra mim que você é diferente, eu te perdoo e perdoei por mensagem no insta , porém o tom de deboche ao falar que eu tinha que ir pra senzala não pegou bem, tenho orgulho daminha cor, orgulho de onde vim, você é pai e ensine teus filhos a ser diferente de você em pensamento! Quero que você se retrate e que isso não se repita nunca mais, nem comigo nem com ninguém! Eu luto pela causa! Contra preconceito e qualquer outro tipo de descriminação seja ela racial ou não! Quer me julgar por atitude em campo?ok! Errei e estou aqui pra assumir, esse é apenas um desabafo de alguém que passou a noite toda chorando por um erro! Mais não significa que até minha Cor venha ser colocada em assunto! Sou preto e orgulhoso de quem sou! Ensinando minha filha como se deve andar e mostrar que é orgulho e não vergonha ser PRETO

A post shared by ✞ 𝕸𝖆𝖗𝖎𝖓𝖍𝖔 ☬ (@marinhoofficial) on

Em seguida, ele exigiu uma retratação por parte do comentarista e pediu desculpas pelo erro que o fez ser expulso do jogo, afirmando que, apesar de ter errado, nada justifica falar sobre algo além de sua atuação como jogador. “Sou preto e orgulhoso de quem sou! Ensinando minha filha como se deve andar e mostrar que é orgulho e não vergonha ser PRETO”, disse.

Além do texto, ele também usou a ferramenta Stories para se pronunciar e, chorando, desabafou sobre situações de racismo em geral. “Eu sei quem eu sou, sei o valor que eu tenho. Aí eu fico pensando: antigamente eu não tinha voz ativa, então passavam despercebidas todas essas coisas, e quando todo mundo passa isso, e quando acontece, muita gente que não tem voz ativa baixa a cabeça e anda”, disse ele.

Nos vídeos, Marinho também se mostrou descontente com a falta de punição a quem faz esse tipo de coisa, e disse que seguirá lutando pela causa.

Diante da repercussão, Benedetti também se pronunciou em seu perfil no Instagram, afirmando já ter pedido desculpas diretamente ao atacante e reconhecendo que fez um comentário ofensivo, mesmo que sem intenção, segundo ele, de ofender Marinho.

“Estou aqui para pedir minhas sinceras desculpas pelo comentário infeliz que fiz ontem em relação a Marinho na transmissão do jogo. Quero reforçar que eu sou e sempre fui contra qualquer tipo de discriminação, lamento muito pelo ocorrido, não tive intenção de ofender ninguém”, disse ele em um vídeo, avaliando que uma situação como esta pode trazer aprendizados.

“Essa situação que eu provoquei pode servir como aprendizado, então gostaria de pedir desculpas, estou arrependido e quero abrir espaço nas minhas redes sociais para a gente abrir discussão sobre esse assunto que é superimportante na sociedade e no esporte”, concluiu Benedetti. Nas redes sociais, o assunto foi bastante comentado, e internautas se indignaram com a situação.

View this post on Instagram

Olá pessoal, Venho através deste vídeo pedir minhas sinceras desculpas pelo comentário infeliz que fiz ontem referente ao jogador Marinho, na transmissão do jogo do Santos contra a Ponte. Quero reforçar que sou e sempre fui totalmente contrário à qualquer tipo de discriminação e lamento muito pelo ocorrido , em momento algum tive a intenção de ofender ninguém. Por isso, quero aproveitar essa infeliz situação que provoquei como oportunidade de aprendizado. Peço minhas sinceras desculpas pelo comentário proferido e estou completamente arrependido por ele. Nas próximas semanas estarei cedendo meu lugar de fala em minhas redes sociais para promover a discussão sobre assunto tão  necessário e urgente na sociedade e no esporte. Já entrei em contato com o Marinho para me desculpar e gostaria de tornar público o meu arrependimento. Mais uma vez quero pedir desculpas ao Marinho e a todos que se sentiram ofendidos pelo meu comentário infeliz! Obrigado

A post shared by Fabio Benedetti (@chefbenedetti) on

Representatividade

Estes famosos mostraram realidades de suas vidas que poucos teriam coragem de assumir