Apresentador revela ser gay após 27 anos casado com mulher e gera debate relevante

 phillip schofield esposa 0220 1400x800
Jeff Spicer / Correspondente/gettyimages

O apresentador Phillip Schofield, famoso no Reino Unido por comandar os programas "Dancing On Ice" e "This Morning", levantou um importante debate ao assumir a homossexualidade, após 27 anos casado com Stephanie Lowe.

A revelação motivou críticas do público pelo fato de Schofield ter passado tanto tempo casado com uma mulher, e, por sua vez, elas foram rebatidas por internautas que lembraram quão difícil é reconhecer e assumir a própria sexualidade quando não se é hétero - o que fomentou uma discussão relevante.

Apresentador se assume gay após 27 anos de casamento com mulher

phillip schofield apresentador 0220 1400x800
Stuart C. Wilson / Correspondente/gettyimages

Ícone do entretenimento britânico, Schofield foi ao Instagram para postar uma carta aberta ao público na qual explicou como agora, aos 57 anos, compreendeu sua orientação sexual com o apoio de sua esposa e filhas:

"Você nunca sabe o que se passa com alguém que aparenta ter uma vida perfeita, seus problemas ou suas batalhas, seu estado de bem-estar - então vocês não sabem o que tem me consumido nos últimos anos. Com a força e apoio de minha esposa e filhas, entendi que, de fato, sou gay.

Isto é algo que gerou muitas dores em casa. Sou casado com Steph há quase 27 anos e temos duas lindas filhas, Molly e Rucy. Minha família me mantém muito próximo: eles têm tentado me animar, me encher de amor, apesar de toda nossa confusão. Ainda assim, eu não consigo dormir e houve momentos bem sombrios.

Meus conflitos internos contrastam com o mundo lá fora que mudou para muito melhor. Hoje, com razão, ser gay é uma razão para comemorar e ter orgulho. Sim, estou sentindo dor e confusão, mas isso vem da dor que estou causando à minha família.

Steph está sendo incrível - eu a amo muito. Ela é a pessoa com a alma mais gentil que eu já conheci. Minhas filhas estão surpreendendo com seu amor, abraços e palavras para encorajar.

Minha família e de Steph me deixaram maravilhado com seu amor, aceitação e apoio. Claro que estão preocupados com Steph, mas eu sei que eles vão nos erguer. Meus amigos são os melhores, especialmente Holly, quem tem sido tão gentil e sábia - e quem me abraçou quando eu solucei em seus ombros. No ITV, nunca esperei trabalhar com um time mais maravilhoso e apoiador.

Todo dia no "This Morning", eu sinto admiração por aqueles que nós encontramos, quem foi corajoso e aberto ao confrontar sua própria verdade - então, agora, é a minha vez de compartilhar a minha verdade.

Isto tudo provavelmente vem como algo surpreendente e eu entendo, mas apenas encare isso, seja honesto, espero encontrar paz na minha mente e seguir em frente.

Sejam gentis, especialmente com minha família. "

Instagram

Debate

A revelação de Schofield gerou controvérsias e levantou debate. Enquanto parte do público elogiou a atitude do apresentador em se assumir gay, outra parte o acusou de ter “enganado” a esposa por todos esses anos.

phillip schofield formula 1 0220 1400x800
Charles Coates / Correspondente/gettyimages

“Quão corajoso @Schofe fazer uma declaração pública de sua sexualidade. Estou enviando muito amor e respeito a você Phil. Desfrute viver sua verdade, querido. Espero que em breve haja um dia em que as pessoas possam simplesmente ‘ser’ sem ter que ‘se assumir’”, escreveu a escritora Lisa Maxwell.

Um internauta, porém, respondeu Lisa discordando da coragem de Schofield: “Corajoso??? Mais parecido com enganador. O que diabos sua esposa deve estar sentindo após uma mentira de 27 anos?”

O youtuber Daniel Howell, que recentemente também revelou ser gay, observou que a revelação de Schofield levantou outro debate mais profundo:

“As pessoas que atacam Phillip Schofield por ‘mentir para a esposa’ precisam entender que são vítimas da mesma sociedade homofóbica que o fez sentir que tinha que esconder quem era para sobreviver. Sim, é triste para ela, mas a culpa não é dele e ele é corajoso por fazer a coisa certa.”

Assumir homossexualidade ainda é um desafio

A sociedade evoluiu muito em relação à aceitação e respeito à diversidade sexual e de gênero nos últimos anos, mas histórias como a de Schofield mostram que encarar e aceitar uma sexualidade diferente da norma imposta ainda é, graças às diferentes pressões sociais e preconceitos persistentes, um desafio enorme para muitos, gerando dor, dúvidas e angústia.

Segundo a Associação Americana de Psicologia (APA, na sigla em inglês), as características que formam a base para o que servirá de atração sexual para um adulto, ou seja, sua orientação, são constituídas ainda na infância e adolescência, mesmo antes de qualquer experiência sexual.

phillip schofield 0220 1400x2103
Eamonn M. McCormack / Correspondente/gettyimages

Uma vez formado o padrão afetivo, porém, isso não significa que o sujeito irá expressá-lo aos outros ou sequer reconhecê-lo. O pavor ligado ao preconceito social ou mesmo familiar muitas vezes leva o indivíduo a reprimir sua sexualidade, enganando-se e até forçando interações íntimas contrárias ao seu desejo real.

Por isso, segundo a APA, não há idade certa para um indivíduo revelar ser homossexual, já que isso depende de um processo de abertura, autoconhecimento e dissolução de eventuais receios, dentre outros fatores.

Comunidade LGBT: respeito e representatividade