Youtuber revela ser trans após 11 anos no ar sem que ninguém soubesse: reações são lindas

nikkie tutorials 0120 1400x800
Eugene Gologursky/Stringer/Getty Images

Após 11 anos fazendo sucesso no YouTube como uma das maiores maquiadoras ativas na plataforma, a holandesa Nikkie Tutorials publicou recentemente um vídeo revelando algo de que seus seguidores nunca haviam desconfiado: ao nascer, ela foi designada como um menino e, enquanto crescia, sentiu que estava no corpo errado, passando eventualmente a se entender como uma mulher trans.

Nikkie Tutorials se revela trans

De vídeos com imagem de baixa qualidade e gravados em casa até estúdios e parcerias com marcas renomadas de maquiagem como a Too Faced, Nikkie se tornou uma sensação no YouTube ao longo dos anos, e é conhecida por vídeos cheios de bom-humor. O mais novo vídeo, no entanto, é mais sério - e nem por isso menos inspirador que seus tutoriais de maquiagem.

Instagram

Nele, Nikkie se mostrou simultaneamente receosa e aliviada em compartilhar sua história com os fãs, e fez de seu primeiro vídeo de 2020 um relato sincero sobre os obstáculos pelos quais passou para ser quem é. “É muito surreal dizer isso, muito assustador, mas muito libertador”, disse ela, afirmando que, apesar de não ser fã de rótulos, ela é, sim, transgênero, e busca inspirar outras pessoas com o relato.

“Com esta mensagem, quero inspirar ‘pequenas Nikkies’ ao redor do mundo que se sentem inseguras, deslocadas, que se sentem incompreendidas. [...] Nós precisamos aceitar uns aos outros, respeitar uns aos outros, mas, acima de tudo, nós precisamos ouvir uns aos outros e entender”, disse a holandesa, ressaltando que cada um pode escrever a própria história da forma que quiser.

Instagram

Apoio da família

No vídeo, Nikkie contou que, quando sua mãe estava grávida dela, não quis saber o sexo do bebê que esperava pois estava convencida de que teria uma menina. Ao dar à luz, porém, ela foi surpreendida com um bebê que, com base nos órgãos sexuais, era menino. Desde cedo, porém, ela soube que a história de Nikkie seria diferente da de outros garotos.

“Minha mãe soube imediatamente que, ou eu seria gay, ou teria um tipo diferente de história”, afirmou a youtuber, contando que, na infância, não entendia a imposição para que ela tivesse costumes e traços tidos como masculinos, como cabelos curtos e o uso de calças em vez de saias. Vendo isso, sua mãe a apoiou, e ela considera essa solidariedade uma das coisas mais importantes de toda a história.

Instagram

“O principal, e a coisa pela qual eu mais sou grata, é minha mãe, porque ela esteve ali para mim desde o primeiro dia. Ela sempre me apoiou, me aceitou, e isso é tudo que você precisa quando criança, um pai que entende, ouve e respeita”, relembrou a maquiadora, que também disse ter encontrado muito apoio em seus professores durante o processo de transição.

Transição de gênero: hormônios e dificuldades

Instagram

Diante da confusão que era viver no corpo errado, como descreve, Nikkie começou, aos seis anos, a deixar o cabelo crescer. Em torno dos sete, já usava roupas tidas como femininas - e se sentia incrível por isso. Aos 14, ela começou a realizar o tratamento hormonal para desenvolver traços femininos, e chegou até a tomar remédios que inibiam seu crescimento, já que a previsão era a de que ela seria muito alta.

Ela contou inclusive que, apesar de ninguém nunca ter notado, ela completou a transição de gênero diante dos olhos dos fãs pois, quando começou seu canal no YouTube, ainda estava vivendo o processo. Apesar do apoio dos pais e professores e de não estar sendo julgada pelo público, porém, ela teve, como qualquer pessoa trans, alguns obstáculos.

Instagram

O maior deles, segundo ela, era contar para as pessoas - especialmente após completar a transição, momento que traz a sensação de que já está tudo resolvido. “A parte mais difícil é conhecer pessoas novas, se aproximar delas e contar um lado da sua vida sobre o qual você nem quer falar, porque odeia essa parte da sua vida e não quer ser conhecida por ela. Mas, ainda assim, você precisa”, afirmou, emocionada.

Atualmente, Nikkie está noiva de Dylan, rapaz que já apresentou ao público em diversos vídeos e, em seu relato, ela contou que os dois trabalharam essa questão juntos. “Dylan é muito especial. Eu nunca conheci alguém como ele. [...] Confiar em alguém o suficiente para ser você mesma é muito assustador, porque as pessoas são assustadoras e perigosas”, disse.

Segundo ela, quando os dois se conheceram e se apaixonaram, ele ainda não sabia, mas, hoje, está ciente de seu passado e os dois puderam, juntos, superar o choque ocasionado pela revelação. “Tenho muito orgulho do fato de que lidamos com isso”, afirmou, pedindo que as pessoas sigam respeitando o fato de ela ser discreta quanto à vida amorosa.

Instagram

Chantagem

Por fim, Nikkie afirmou que não quer que a revelação de sua história faça com que seus fãs a vejam com outros olhos. “A principal coisa no meu canal é meu amor pela maquiagem, e a razão pela qual minha ‘parte trans’ nunca veio à tona antes é porque eu queria que meu canal fosse sobre minha arte”, disse ela, pedindo que os seguidores não deixem de confiar nela. “Ainda sou a Nikkie, nada muda”, lembrou.

Além disso, ela também ressaltou que, apesar da vontade de falar sobre o assunto, ela pretendia escolher o momento para fazer isso - algo que não ocorreu devido a chantagens recebidas por ela. “Aparentemente, vivemos em um mundo em que outras pessoas odeiam pessoas que são elas mesmas. Fui chantageada por pessoas que queriam vazar minha história para a imprensa”, afirmou ela.

Instagram

Segundo a youtuber, foi dito a ela que ela estava mentindo e que, por isso, a história seria revelada. “De início, foi assombroso. [...] Disseram que queriam vazar porque eu estava mentindo ou com medo das pessoas saberem. Eu não tenho medo”, declarou ela, deixando uma bonita mensagem ao final do vídeo. “Minha história é bonita e eu tenho orgulho dela”, concluiu.

Reações positivas

Os fãs de Nikkie receberam com surpresa a revelação feita pela maquiadora, e muitos expressaram raiva pelo fato de que ela não pôde se assumir trans nos próprios termos devido às ameaças recebidas - mas, em geral, os posts sobre o assunto são cheios de elogios e comemorações:

Assista ao vídeo completo (em inglês):

Histórias inspiradoras