explore

Charlize Theron faz rara declaração sobre filha trans e pede que todos a chamem da forma certa

charlize theron 12 19 1400 800
John Lamparski/Getty Images

Charlize Theroné mãe de uma menina transgênero e embora seja defensora da causa LGBTQ+, não costuma falar muito sobre a filha.

Entretanto, recentemente ela contou um pouco sobre a pequena Jackson, de 7 anos, e fez um pedido ao mundo em relação a ela.

Charlize Theron fala sobre a filha trans

Antes de a filha nascer, Charlize Theron já havia interpretado uma personagem lésbica no cinema, em 2003 e, desde então, passou a apoiar causas LGBTQ+.

Anualmente, ela participa da parada gay nos Estados Unidos e carrega a família junto, para apoiar a comunidade.

Recentemente, em entrevista ao portal norte-americano Pride Source, Chalize falou sobre algumas questões LGBTQ+ e deu algumas declarações sobre o fato de a filha ser trans.

Pedido ao mundo todo

Durante a conversa, ela contou que, mesmo sendo envolvida com a causa, no início, tanto ela, quanto a imprensa usavam temos errados para se referir a Jackson.

Com o passar do tempo, a pequena começou a se chatear ao perceber que as pessoas se dirigiam a ela com pronomes errados e atriz disse que tem culpa nisso, fazendo menção ao fato de Jackson continuar sendo chamada de "Ele" e não de "Ela".

"Eu também falava sobre ela na imprensa usando o pronome errado. Isso realmente machucou os sentimentos delas", disse a atriz, que agora, faz questão de deixar claro como a mídia deve identificá-la.

"Eu sinto que, como mãe dela, para mim, é importante que o mundo saiba que eu apreciaria se usassem os pronomes certos para se referir a ela", esclareceu Charlize.

atriz charlize theron 122019 1400x800
Matt Winkelmeyer/Getty Images

Até então, a atriz só tinha falado sobre a filha durante uma entrevista que deu ao portal britânico Daily Mail, no início deste ano, quando contou que aos 3 anos de idade, Jackson disse: "Eu não sou um garoto".

Embora tenha revelado a fala da filha, Charlize pediu que a imprensa para de perguntar e fazer especulações sobre a pequena, deixando claro que a história da filha só será contada pela própria, caso ela queira compartilhar algum dia.

"A história da minha filha é realmente a história dela e, um dia, se ela escolher, ela contará. Eu realmente não falo sobre isso desde então, porque, além de pedir isso respeitosamente à imprensa - e ao mundo, espero -, o resto é privado e é a história dela. Cabe a ela decidir se ela quer compartilhar", finalizou a atriz.

Causa LBGT