Adriana Esteves recebeu críticas tão pesadas após novela que pensou em desistir de atuar

Com mais de 30 anos de carreira, Adriana Esteves possui um currículo de respeito na TV, recheado de personagens marcantes, entre elas, claro, Carminha, a icônica vilã da novela “Avenida Brasil”.

Pouca gente sabe, no entanto, que por pouco a atriz não abandonou completamente a profissão.

Adriana Esteves: início de carreira

adriana esteves amor 1219 1400x800
Globo / Estevam Avellar

Filha de uma artista plástica e um médico, Adriana Esteves sempre foi apaixonada pelo universo dos palcos e dos holofotes. Na infância, se dedicava ao balé e, adolescente, chegou a fazer alguns trabalhos como modelo.

Em 1989, Adriana teve sua primeira oportunidade na televisão. Com apenas 18 anos, participou de um concurso no programa “Domingão do Faustão” e saiu vencedora. A atriz assinaria contrato com a Rede Globo e faria parte da novela “Top Model”. Na trama, interpretou Tininha, uma jovem que fazia par romântico com Marcelo Faria.

adriana esteves thelma 1219 1400x800
Globo/João Cotta

“Ali, naquela novela, já me veio a paixão por atuar, por conhecer o que seria o trabalho de uma atriz. Na mesma hora eu comecei a ver que tinha vocação para aquilo. E aí, surgiu uma profissão”, disse a atriz, em uma entrevista, sobre sua estreia.

Depois disso, foi emendando um trabalho após o outro, conquistou o coração do público e chegou até a ser apontada como substituta de Regina Duarte como a nova "namoradinha do Brasil”.

Adriana Esteves ficou deprimida com críticas

adriana esteves cabelo 0819 1400x800
Victor Pollak/Globo

Adriana Esteves parecia ter se consolidado como atriz de prestígio da Globo quando, em 1993, interpretou Marina na novela “Renascer”. No entanto, apesar do sucesso da trama, o desempenho da atriz recebeu uma enxurrada de críticas negativas.

Chamada de “insossa” e “inexpressiva” pela imprensa, Adriana ficou muito abalada e teve dúvidas se deveria continuar atuando. “Não tive maturidade suficiente para segurar as críticas ao meu personagem”, admitiu a atriz sobre o período.

adriana esteves atriz 1219 1400x800
Globo/João Cotta

Na mesma época, Adriana ainda enfrentou problemas pessoais e entrou em depressão. “Foram os anos mais difíceis da minha vida”, relembra.

A atriz ficou dois anos afastada da TV e chegou a recusar o papel de Babalu, da novela "Quatro Por Quatro". Ela até gravou algumas cenas para a trama, mas abandonou o projeto, sendo substituída por Letícia Spiller.

Após tratamento médico e muita terapia, Adriana conseguiu voltar a atuar e fez diversas personagens relevantes que provariam seu talento. Mas foi em “Avenida Brasil” que veio sua consagração: a atriz se se transformou em unanimidade nacional graças à elogiadíssima interpretação da malvada Carminha.

adriana esteves carminha 0816 1400x800
Rede Globo/Alex Carvalho

Alguns anos depois, em 2007, Adriana Esteves receberia reconhecimento internacional ao ser indicada ao prêmio de melhor atriz no Emmy, espécie de Oscar da televisão, por sua participação na série “Justiça”.

A atriz é, portanto, uma prova viva de que não podemos nos abalar com a primeira crítica. E sobre o período difícil na vida e na carreira, Adriana diz ter tirado uma boa lição: “Tenho pena de não ter percebido, na época, que podia aproveitar as críticas para melhorar. Mas hoje tenho a sensação de que tudo isso me deixou mais corajosa, mas segura”.

adriana esteves atriz 1016 1400x800
Globo/Estevam Avellar

A vida e a carreira de Adriana Esteves