Lady Di e Freddie Mercury chocaram a Inglaterra ao visitar boate gay juntos

diana freddie mercury 1119 1400x800
Jayne Fincher/Fox Photos/Hulton Archive/Getty Images

Lady Di não ficou conhecida como a “princesa do povo” à toa. Bela, carismática e à frente de seu tempo, ela se mostrava sempre acessível e fazia questão de deixar claro ao público que era um ser humano como outro qualquer, postura até então surpreendente para um membro da realeza.

Além disso, Diana era amiga de celebridades nada convencionais, como os músicos Elton John e Freddie Mercury. Foi com o líder da banda Queen, inclusive, que ela teve uma atitude que chocou parte da população mais conservadora da Inglaterra.

Diana visitou boate gay com Freddie Mercury

freddie mercury queen 1977
Hulton Archive/Getty Images

Conhecido por sua extravagância, Freddie Mercury era amigo íntimo de Lady Di e, certa vez, teve uma ideia nada convencional: sair para se divertir com a princesa em uma boate gay. Para não ser reconhecida, Diana se disfarçou de homem. Vestiu um casaco militar, gorro e óculos escuros para curtir a noite com os amigos.

“Ela poderia ser reconhecida a qualquer momento, mas as pessoas pareciam ignorá-la. E ela amou a experiência”, relatou Freddie Mercury sobre o episódio. Confira no vídeo abaixo:

Por que Lady Di foi a princesa do povo

Diana sempre quebrou regras e protocolos reais. Antes mesmo de se casar com príncipe de Gales, ela já mostrava que tinha personalidade. Lady Di fez questão de escrever seus próprios votos de casamento e tirou a palavra “obediência” do discurso, algo inédito para uma princesa.

princesa diana 0319 1400x800
Graham Turner/Keystone/Getty Images

Também diferente de outras mulheres da realeza, Diana ainda demonstrava pelos filhos afeto em público, atitude que conquistou os súditos.

Até mesmo em coisas consideradas banais, como a forma de se vestir, a princesa Diana inovou. Ícone da moda, usava roupas consideradas sensuais e vestidos pretos, cor que até então era vetada pela família real.

princesa diana 0419 1400x800 0
Hulton Archive/GettyImages

Ao contrário de outros membros da realeza, Lady Di usava também sua influência para tentar melhorar a vida dos pobres e doentes. Diana foi, por exemplo, uma importante voz na luta contra o preconceito em relação à Aids.

Em 1987, a princesa decidiu visitar o Hospital Middlesex de Londres, onde estava a primeira sala do Reino Unido especializada em tratar a doença que, na época, ainda era cercada de medos e tabus.

princesa diana 1218 1400x2200
Pascal Rondeau/ALLSPORT

No local, ela conheceu as histórias dos funcionários e dos pacientes e mandou com sua ação uma poderosa mensagem para a sociedade. Quebrou todos os protocolos ao tirar suas luvas e dar as mãos aos pacientes, revolucionando a percepção das pessoas sobre a doença.

Legado da Princesa Diana