A forte resposta de Ludmilla após sofrer racismo: "Me chamou de macaca"

Instagram

A cantora de Ludmilla afirma ter sido vítima de racismo durante o Prêmio Multishow realizado na última terça-feira (29).

De acordo com a funkeira, uma pessoa da plateia da premiação a chamou de “macaca” enquanto ela se dirigia ao palco para receber seu prêmio.

Ludmilla é vítima de racismo em premiação

ludmilla discurso premio multishow 1019 1400x800 3
Divulgação/Prêmio Multishow/AgNews

Ludmilla foi um dos destaques do Prêmio Multishow ao vencer categorias "Música Chiclete" e "Melhor Cantora" da premiação de música.

Ao caminhar em direção ao palco do evento para receber um de seus prêmios, Ludmilla diz que houve uma ofensa de cunho racista direcionada a ela.

“Alguém me chama de ‘macaca’ no vídeo”, escreveu a cantora ao compartilhar a gravação do momento da violência racial no Stories do Instagram.

Associar uma pessoa negra com um macaco é uma forma de discriminação racial por diversos fatores, entre eles pelo fato de não ver o negro como humano, mas como animal.

A situação vivida por Ludmilla gerou indignação por parte da artista, que escreveu uma forte resposta sobre a violência racial.

Resposta de Ludmilla para racismo

ludmilla discurso premio multishow 1019 1400x800 2
Divulgação/Prêmio Multishow/AgNews

Ao falar sobre o racismo sofrido, Ludmilla questionou até quando o preconceito pela cor de pele de uma pessoa será comum na sociedade.

Ela ainda lembrou que o preconceito é uma das grandes barreiras que impedem o avanço da sociedade e pediu que aqueles que têm o hábito de diminuir as pessoas por meio de ofensas e que comecem a refletir o quanto seus atos têm consequências - ainda que a justiça possa falhar na aplicação das devidas punições.

“Só queria deixar bem claro para vocês, racistas, que além da Justiça ser lenta, aqui as pessoas que praticaram racismo comigo ainda não terem sido punidas, isso não significa que a cobrança nunca vai chegar, ou que ela está longe disso. Ainda bem que eu tenho meu Deus e uma família que não me deixa desmoronar diante dos racistas. A cobrança de vocês uma hora vai chegar.”

Leia a resposta na íntegra:

"Cara, até quando isso? Olha, as coisas, para mim, e eu acho que pra maioria dos brasileiros, nunca foram fáceis. E com preconceito e julgamentos pelo tom de pele, vocês só complicam as coisas. A vontade de diminuir é tanta que não pensam nas consequências dos seus atos. Eu só queria deixar bem claro para vocês, racistas, que além da Justiça ser lenta, aqui as pessoas que praticaram racismo comigo ainda não terem sido punidas, isso não significa que a cobrança nunca vai chegar, ou que ela está longe disso. Ainda bem que eu tenho meu Deus e uma família que não me deixa desmoronar diante dos racistas. A cobrança de vocês uma hora vai chegar"

Preconceitos: formas de combate