Homem cria fundação para cuidar de mães com depressão pós-parto após perder esposa

View this post on Instagram

@stevendachille’s powerful and poignant message: “This is the last picture ever taken of my wife with our daughter Adriana. The following morning Alexis took her life. #MyWishForMoms is that no mom has to feel like Alexis did. #MyWishForMoms is that every mom gets to watch their babies grow up. #MyWishForMoms is that no mom feels like their loved ones are better off without them here...That no mom feels they are a burden. @ahntoday @chrissyteigen @postpartumhelp My wish for this post is that everyone - male or female - who reads it posts their own #MyWishForMoms for a woman they know and love. For anybody desperately seeking help www.postpartum.net is a free resource for all moms.” <Please visit link in our bio for more info on our foundation and the newly opened behavioral health center named for Alexis at @ahntoday> #AJDFoundation #Postpartumdepression #AlexisArmy #AlleghenyHealthNetwork #AHN #LivingProof #HighmarkHealth #momcongress2019 #PSI

A post shared by AlexisJoyD'AchilleFoundation (@ajd_foundation) on

Steven D'Achille é pai de uma garota de seis anos, Adrianna. Seis semanas após o nascimento de sua filha, o norte-americano teve que lidar com o suicídio de sua esposa, Alexis Joy D’Achille, que sofria de um caso sério de depressão pós-parto. Para evitar que o que aconteceu com Alexis acontecesse com outras mães, ele decidiu criar uma fundação para ajudar mulheres com depressão pós-parto.

Centro para mulheres com depressão pós-parto

alexis marido 1400x1755 0919
Divulgação/Alexis Joy Foundation

Steven conta que o período gestacional da esposa foi tranquilo, mas logo após o nascimento de Adrianna os sinais do transtorno psicológico começaram a aparecer.

Ele procurou ajuda em diversos hospitais e falou com vários médicos, mas ninguém acreditou na gravidade da situação.

Por isso, a Fundação Alexis Joy D’Achille, criada por Steven após a morte da mãe de sua filha, construiu um centro cheio de recursos específicos para ajudar mulheres nessa situação.

O lugar foi inaugurado recentemente dentro de um hospital na cidade de Pittsburgh, no estado da Pensilvânia.

O diferencial da instituição é que os atendimentos são oferecidos para mulheres após o parto e também durante a gravidez. Estão disponíveis salas para terapia ioga, artes e meditação, além de uma cozinha para aulas de culinária.

centro depressao pos parto 1400x652 0919
Divulgação/West Penn Hospital

As mães também aprendem a fazer massagem nos bebês, a vesti-los adequadamente e a fortalecer os laços com os pequenos.

Hoje, Adrianna é uma garotinha muito alegre de seis anos, que sempre participa dos projetos do pai. "Está na hora de colocar as mães em primeiro lugar. Mães saudáveis, bebês saudáveis", disse Steven em entrevista. "Saúde mental não é algo que você pode ver fisicamente", finalizou.

alexis mae 1400x1767 0919 1400x1767
Divulgação/Alexis Joy Foundation

Depressão pós-parto tem jeito