Famosos estão reativando Instagram para compartilhar apelo sobre Setembro Amarelo

ana maria porchat 09 19 1400 800 1
Globo/Estevam Avellar | Globo/Fábio Rocha

Na última segunda-feira (9), vários famosos desativaram seus perfis do Instagram, como o humorista Fábio Porchat, a apresentadora Ana Maria Braga, a atriz Mariana Xavier e a ex-BBB Gleici Damasceno, deixando seus seguidores intrigados. Agora, aos poucos, alguns estão voltando e, enfim, explicaram o nobre motivo do "sumiço" repentino da rede social.

Famosos desativam Instagram pelo "Setembro Amarelo"

Algumas celebridades desativaram seus perfis do Instagram em apoio ao Centro de Valorização da Vida (CVV), organização que realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, conforme informou o instituto.

O CVV é um dos criadores do Setembro Amarelo, mês de prevenção do suicídio, e de acordo com a organização, os famosos quiseram chamar a atenção para o assunto.

O dia 10 de setembro é o Dia Mundial da Prevenção ao Suicídio e Gleici foi uma das famosas que voltou ao Instagram explicando o motivo de seu sumiço e chamando a atenção para o Setembro Amarelo.

View this post on Instagram

Fui convidada pelo @cvvoficial a desativar meu Instagram ontem para chamar a atenção das pessoas para algo muito urgente. Quando se fala de saúde mental, precisamos levar isso a sério. No Brasil, uma pessoa tira a própria vida a cada 45 minutos, e é possível mudar isso! Como? Falando sobre! Fale com alguém, de confiança, um amigo, familiar, primos, levante a bola durante o almoço de família: isso não é tabu! O @CVVoficial existe pra isso e eles, através de voluntários preparados, podem conversar com quem mais precisa! E se você também quer ajudar a salvar vidas, que tal virar um voluntário? Que tal doar para ajudar a dar escala a este nobre trabalho que eles executam? Acesse a página deles! O suicídio não é a solução. Fale com alguém, quebre o tabu que não podemos conversar sobre saúde mental! #ComoVaiVocê 🎗

A post shared by Gleici Damasceno (@gleicidamasceno) on

Fui convidada pelo @cvvoficial a desativar meu Instagram ontem para chamar a atenção das pessoas para algo muito urgente.

Quando se fala de saúde mental, precisamos levar isso a sério. No Brasil, uma pessoa tira a própria vida a cada 45 minutos, e é possível mudar isso! Como? Falando sobre!

Fale com alguém, de confiança, um amigo, familiar, primos, levante a bola durante o almoço de família: isso não é tabu! O @CVVoficial existe pra isso e eles, através de voluntários preparados, podem conversar com quem mais precisa!

E se você também quer ajudar a salvar vidas, que tal virar um voluntário? Que tal doar para ajudar a dar escala a este nobre trabalho que eles executam? Acesse a página deles!

O suicídio não é a solução. Fale com alguém, quebre o tabu que não podemos conversar sobre saúde mental!

Porchat, Ana Maria Braga e outros famosos também postaram a mesma imagem com legendas diferentes:

View this post on Instagram

#ComoVaiVocê? Eu queria poder responder os milhares de comentários que provavelmente vão surgir aqui ou que surgem sempre que eu falo algo sobre a minha experiência com tudo isso, mas eu não posso. Quando se fala de saúde mental, precisamos levar isso a sério. No Brasil, uma pessoa tira a própria vida a cada 45 minutos, e é possível mudar isso! Como? Falando sobre! O @CVVoficial existe pra isso e eles sim, através de voluntários preparados, podem conversar com você! Eles ajudam a salvar vidas! E se você também quer ajudar a salvar vidas, que tal virar um voluntário? Que tal doar para ajudar a dar escala a este nobre trabalho que eles executam? Assista os meus stories para saber como ajudar ou acesse a página deles! O suicídio não é a solução. Fale com alguém, quebre o tabu que não podemos conversar sobre saúde mental! #ComoVaiVocê 🎗

A post shared by Fabio Porchat (@fabioporchat) on

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada ano, mais de 800 mil pessoas morrem por suicídio.

Os dados mostram que o suicídio não é algo incomum nem acontece isoladamente e está ligado a transtornos da saúde mental, como depressão e distúrbios de ansiedade, assuntos que precisam ser discutidos e levados a sério.

O CVV possui voluntários e atendimentos gratuitos e sigilosos através do número 188. "Deseja conversar, mas não tem com quem? Liga pra gente! Nossos voluntários estão totalmente disponíveis para te atender. A ligação não tem custo e é totalmente anônima", informa o centro em suas redes sociais.

Além do telefone, o atendimento pode ser feito de várias formas, desde pessoalmente até por meios virtuais, como e-mail e Skype.

Busque ajuda!

Setembro Amarelo