Karina Bacchi foi muito honesta ao falar por que se divorciou do 1º marido

karina bacchi 1018 1400x800
Francisco Cepeda/AgNews

Quando tinha 40 anos, Karina Bacchi surpreendeu a todos ao revelar que estava grávida de seu primeiro filho, fruto de uma produção independente - algo que fez após se separar do empresário Sérgio Amon, com quem ficou por 15 anos. Recentemente, ela voltou a falar sobre o assunto, afirmando que o fim da relação teve a ver com seu desejo de ser mãe, e ela precisou de muita coragem para tomar essa decisão.

Karina Bacchi terminou casamento para ter Enrico

Em entrevista ao “Sensacional” (RedeTV!), Karina comentou que, frequentemente, é questionada sobre entrevistas que deu há alguns anos e nas quais falou que não tinha vontade de ser mãe. Segundo ela, aquilo não era verdade, e sim apenas a forma que ela encontrou de falar sobre o assunto sem prejudicar o relacionamento que tinha com Sérgio.

“Era uma forma de preservar meu relacionamento anterior, porque estava há mais de 15 anos com uma pessoa que não tinha o desejo de ter mais filhos. [Ele] já tinha dois filhos de um primeiro casamento, era um assunto que a gente debatia e que não tinha meios de convencê-lo, só que não queria falar isso publicamente. Falar: ‘Olha, gente, quero ser mãe, mas ele não quer’”, disse ela.

Movida tanto pelo desejo de ser mãe quanto pelo fato de que via a relação bem desgastada, Karina optou se separar e então engravidar. “Eu abri mão [do relacionamento] pela maternidade”, afirmou a influencer, que, como não pode engravidar naturalmente por não ter as trompas, teria de optar pela fertilização in vitro mesmo que tivesse um parceiro na época.

Veja a entrevista completa:

Karina Bacchi e família