Declaração de príncipe William sobre possibilidade de ter um filho gay gera surpresa

principe william discurso 0619 1400x800
Chris Jackson / Staff/GettyImages

Futuro responsável pelo trono da coroa britânica, o príncipe William se mostrou bem delicado ao responder como seria a sua reação caso um de seus filhos venha a se descobrir gay.

Diferente de muitas pessoas que reagem negativamente a tal possibilidade, o membro da família real britânica fez uma declaração responsável sobre a hipótese de um(a) herdeiro(a) LGBT.

Príncipe William: o que pensa sobre ter filho gay

kate middleton principe william charlotte george bautizo louis 9 julio 2018
Dominic Lipinski - WPA Pool/Getty Images

Pai de George, de cinco anos, Charlotte, de quatro, e Louis, de um, príncipe William participou de um evento, em Londres, do Albert Kennedy Trust (AKT), instituição que presta auxílio a jovens lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros que estão desabrigados.

Lá, ele conversou com os adolescentes e respondeu perguntas levantadas por eles. Ao ser questionado sobre o que ele pensava sobre ter um filho gay, William foi bem honesto em sua resposta e não se esquivou de falar sobre o assunto, causando surpresa por seu discurso direto e aberto.

principe william mao 0918 1400x933
Anthony Devlin/Getty Images

Segundo William, desde que se tornou pai, a orientação sexual dos filhos é um assunto sobre o qual reflete, mas não por ser contra a possibilidade de os filhos serem gays, e sim por entender que a sociedade ainda mantém um comportamento conservador e preconceituoso com pessoas LGBT e é nela que seus herdeiros estão inseridos.

Assim, William contou que sua preocupação com o possível cenário de que um de seus três filhos seja gay diz respeito às pressões e preconceitos da sociedade com eles.

“[Me preocupo com] Pressões que eles podem enfrentar e como a vida pode ser dura com eles. Então do meu ponto de vista, enquanto pai, é isso que me preocupa. Gostaria de viver em um mundo, como você disse, que fosse realmente normal e legal (...) Enquanto pai, é isso que me preocupa: quantos obstáculos, ódio, palavras, perseguições e toda discriminação que podem surgir”, disse o príncipe ao jovem com quem conversava.

O membro da realeza ainda ressaltou o fato de sua família ter visibilidade maior do que as demais - um fato que ele suspeita acarretar mais dificuldades caso um dos filhos seja gay.

william kate familia real 0619 1400x968
Chris Jackson / Staff/GettyImages

O discurso de William, porém, não levantou apenas os pontos problemáticos que uma sociedade conservadora traz a pessoas que assumem uma orientação sexual que não a heterossexual.

Em sua reflexão, William foi bem enfático ao mostrar qual seria sua reação caso um dos herdeiros fossem gay: "Obviamente, seria tudo bem para mim se um filho meu fosse gay", comentou o príncipe.

Ao conversar com os jovens LGBTs presentes no evento, William assegurou que, seja qual for a orientação sexual das crianças, seu amor e apoio sempre existirá. “Eu vou apoiar totalmente qualquer decisão que eles tomarem”, pontuou o príncipe.

Respeito LGBT