Mulheres solteiras e sem filhos são as mais felizes, defende especialista em felicidade

mulher feliz sorrindo sorriso felicidade 0719 1400x800
pixelheadphoto digitalskillet / Shutterstock

Mulheres solteiras e sem filhos, ainda hoje, carregam centenas de estigmas e são vítimas de preconceitos, mas de acordo com Paul Dolan, professor de ciência comportamental da London School of Economics, são precisamente essas mulheres que têm maior probabilidade de serem felizes.

Dolan já realizou numerosas pesquisas psicológicas ao longo mais de 25 anos de carreira e se especializou no estudo das relações humanas e na definição de um conceito generalizado de "felicidade".

mulher sorrindo sorriso feliz felicidade 0719 1400x800
Ann Haritonenko / Shutterstock

O professor admite que a "ideia de felicidade" é um conceito subjetivo, mas para a sociedade contemporânea, em geral, são as mulheres solteiras sem filhos as que mais são capazes de serem felizes: este setor da população está mais inclinado a permanecer sempre saudável, sustentável, além de poupar muito mais para seus objetivos.

Mulheres solteiras e sem filhos inclusive podem viver de 5 a 10 anos a mais do que aquelas que estabeleceram uma família, afirma o especialista.

A razão seria, em grande parte, devido ao desgaste emocional e físico que a maternidade implica, bem como a responsabilidade da criação dos filhos atribuída principalmente às mulheres, em um erro cultural que perdura até hoje.

mulher negra feliz felicidade sorrindo sorriso 0719 1400x800
mimagephotography / Shutterstock

Dolan investiga o casamento em seu livro "Happy Ever After: Escaping the Myths of the Perfect Life", em que cita estudos feitos com mais de 1.500 mulheres com diferentes idades e estados conjugais. Ele também examinou o comportamento masculino e chegou a uma conclusão interessante:

"Ao contrário do que acontece com as mulheres, os homens têm maior índice de felicidade quando são casados, pois o matrimônio é um vínculo que lhes dá segurança e geralmente os faz sentirem-se importantes".

consejos para mujeres solteras%202
iStockphoto/Thinkstock

O acadêmico também se baseia no American Time Use Survey, que realiza um censo anual nos Estados Unidos para medir a satisfação de solteiros, viúvos, casados e divorciados. Os resultados são claros: mulheres solteiras e sem filhos são as mais bem avaliadas em vários aspectos da pesquisa (sustentabilidade, saúde mental, economia, desempenho profissional, etc.).

De acordo com Dolan, o declínio da mulher casada começa na meia-idade: "curiosamente, na maioria dos casos, o homem se torna mais dependente de sua esposa neste estágio, o que tira o espaço e a liberdade dela. O fato é agravado com a atenção que as crianças exigem".

No que diz respeito a filhos, Dolan afirma: ser mãe para favorecer apenas a convicção social pode trazer sérios problemas emocionais e físicos. A culpa e os papéis esperados podem, em alguns casos, produzir maior infelicidade, explica em sua produção.

Benefícios de ser solteiro

Matéria traduzida do original de VIX espanhol, do autor Carol Sandoval.