Jeniffer Nascimento desabafa sobre desafio de ser noiva e negra: poucos se dão conta

A atriz e cantora Jeniffer Nascimento vai se casar em junho com o ator Jean Amorim e, como a maioria das noivas, está em busca de referências para a beleza do dia da cerimônia. Em um post muito emblemático, entretanto, a famosa revelou que, no mundo dos casamentos, falta representatividade de noivas negras.

Penteados afro, maquiagem para pele escura e até mesmo modelos de vestido que valorizem diferentes corpos nem sempre são itens que aparecem em editoriais de moda de noiva. E é por essa razão que Jeniffer falou sobre a importância da representatividade também neste meio.

Jeniffer Nascimento: referências para noivas negras

View this post on Instagram

To tão feliz com esse editorial ! Tudo começou num papo quando a @camilaqueiroz me deu varias revistas da @constancezahn e eu a marquei dizendo que faltava representatividade . A Constance na hora me respondeu , marcamos um jantar e eu contei pra ela toda a minha saga como noivinha desde a dificuldade em achar referências de penteados pro meu tipo de cabelo até a discriminação que sofri em alguns momentos enquanto escolhia fornecedores pro meu casamento . Representatividade é muito importante , sempre vou bater nessa tecla. A partir desse encontro surgiu a ideia do nosso editorial e to feliz da vida com o resultado e de saber que as próximas terão mais referências do que eu ! Gratidão por sua empatia Constance💕 Vídeo: @produtora7 Fotos: @gutocarneiro Make: @euvictormotta da @agenciafirst Cabelo: @mabathandiaye e @karinariveraoficial Minha assessora do casório : @carolinajozimba ⠀⠀⠀ #noivasnegras #constancezahn #noivacacheada #noivablack #noivas #bride #JenifferNascimento #noivanegra

A post shared by Jeniffer Nascimento (@jeniffer_nascimento) on

Em um post no Instagram, Jennifer Nascimento aparece deslumbrante em um registro de editorial de noiva. A foto tem uma história muito delicada por trás. A famosa contou que em sua "saga como noivinha" encontrou muita dificuldade para achar referências de penteados afro, além de ter sofrido preconceito racial enquanto escolhia alguns fornecedores para seu casamento.

Por conta dessa vivência, Jeniffer teve contato com a editora Constance Zahn, que resolveu produzir um editorial da noiva para seu site.

"Tudo começou num papo quando a @camilaqueiroz me deu varias revistas da @constancezahn e eu a marquei dizendo que faltava representatividade. A Constance na hora me respondeu, marcamos um jantar e eu contei pra ela toda a minha saga como noivinha desde a dificuldade em achar referências de penteados pro meu tipo de cabelo até a discriminação que sofri em alguns momentos enquanto escolhia fornecedores pro meu casamento. Representatividade é muito importante, sempre vou bater nessa tecla", escreveu Jeniffer na publicação.

De fato, a maioria dos penteados para noivas são indicados para cabelos lisos ou para os que passam por procedimento de alisamento e/ou babyliss. Jeniffer tem os cabelos cacheados e, assim como muitas mulheres negras, quando não está usando tranças, os deixa na textura natural.

Representatividade é a palavra que descreve a necessidade de se ter referências de beleza para pessoas negras, asiáticas, indígenas e de qualquer origem que fuja do "padrão de beleza" que se repete na mídia e no nosso imaginário.

Recentemente, a cantora Iza se tornou uma das noivas (incríveis!) nas quais mulheres negras podem se inspirar. No penteado, ela esticou os fios na raiz e fez um coque volumoso sobre a cabeça, enfeitando com um arco e o véu.

iza casamento 0119 1400x800
Wallace Barbosa/AgNews

A atriz Juliana Alves usou seus cabelos cacheados naturais com uma coroa de flores bem delicada no dia de seu casório.

Cabelos cacheados e crespos ainda podem ser usados totalmente soltos, com acessórios imponentes ou detalhes naturais, dependendo do estilo da noiva:

Noivas negras: cabelos inspiradores e fotos incríveis