História sobre a maior conquista de Boechat (segundo sua caçula) viraliza e é muito bonita

Ricardo Boechat marcou seu nome na história do Brasil ao se tornar uma das principais referências do jornalismo do país. Infelizmente, um triste acidente de helicóptero colocou fim à trajetória do apresentador da Band na última segunda-feira (11).

Apesar da passagem de Boechat ter sido interrompida sem qualquer aviso prévio, o jornalista vai ser para sempre lembrado por seu trabalho em vida.

O apresentador também ficou eternizado de um jeito que pegou muita gente de surpresa. Boechat tornou-se o nome de uma flor e a história de como isso aconteceu foi considerada a maior conquista da vida do jornalista segundo a filha caçula do apresentador da Band.

"Maior conquista" de Boechat

ricardo boechat eduardo barao radio 0119 1400x800 0
Band / Divulgação

A história sobre Boechat ter virado nome de flor foi narrada pelo também jornalista Rafael Pino em sua conta no Twiiter.

Segundo Pino, tudo começou em 2018. O jornalista, que havia trabalhado com Boechat no Jornal do Brasil em 2003, conta ser filho de um grande admirador do apresentador da Band e que também é criador de orquídeas.

Fã assumido de Boechat, o pai de Pino tomou a iniciativa de fazer contato com o âncora para contar sobre sua paixão pelas flores e passou a trocar e-mails com ele. Em dado momento, o pai decidiu fazer uma homenagem ao ídolo: batizar uma de suas descobertas, uma espécie de orquídea, com o nome de Ricardo Boechat.

Feita a homenagem, era hora de contar ao homenageado o que ele havia feito. Boechat, como sempre, foi muito simpático e retornou a mensagem do pai de Pino não só agradecendo o feito, mas também contando a reação da filha caçula ao saber que o pai havia dado o nome a uma flor.

De acordo com Boechat, contar que havia batizado uma orquídea foi a maior alegria que ele havia vivenciado em um Dia dos Pais.

Pai de seis filhos, duas das herdeiras do jornalista ainda são bem jovens, Catarina e Valentina, de 10 e 12 anos, respectivamente, e se divertiram muito com a história do apresentador sobre a flor que recebeu se nome.

Naquele dia, ambas conversavam com o pai sobre o fato de ele ser conhecido na televisão e questionavam como devia ser a sensação de ser famoso. “Fiquei 'tirando onda' com a cara das duas 'me gabando' do sucesso midiático. Pura gozação do velho repórter, é claro”, escreveu Boechat.

O pai de Catarina e Valentina contou, então, sobre a orquídea que havia sido patenteada com o nome de Ricardo Boechat.

Em um primeiro momento, as filhas do apresentador duvidaram da história do pai, mas, depois que viram o certificado comprovando a nomeação, não esconderam o orgulho da conquista de Boechat.

“Finalmente, quando se convenceram de minha 'consagração botânica' ficaram orgulhosíssimas e concordaram com a observação da caçula: 'Pai, essa é a coisa mais importante que já lhe aconteceu!' Pois é, meu amigo: elas estão cobertas de razão! E a culpa é sua!”, escreveu Boechat ao pai de Pino.

O jeito brincalhão como Boechat narrou sua história no e-mail sobre a orquídea também foi lembrado por Pino, Segundo o jornalista, todas as vezes que ele encontrou o apresentador da Band em situações da vida profissional, o mesmo jeito descontraído do âncora foi perceptível a quem estava em sua companhia.

A tragédia de segunda-feira, claro, foi sentida por todos. Pino demonstrou sua solidariedade a Veruska Seibel, esposa de Boechat, e aos seis filhos do apresentador. "Espero que a família tenha todo o conforto necessário. E me disponho a entregar uma muda da Cattlianthe Ricardo Boechat a todos os seus familiares, sempre com respeito ao tempo da natureza."

A quem desconfiou da história da orquídea, assim como as filhas de Boechat, a espécie está realmente registrada na The Royal Horticultural Society desde 31 de outubro de 2017.

Boechat: homenagens, família