mulher

Anônimos revelam histórias ao lado de Boechat: "Foi até meu trabalho falar com minha chefe"

ricardo boechat 0219 1400x800
Divulgação/Band

Não foram só os colegas de profissão que lamentaram profundamente a morte do jornalista Ricardo Boechat, que ocorreu nesta segunda-feira (11) e abalou todo o Brasil. Nas redes sociais, algumas pessoas anônimas decidiram compartilhar histórias que viveram ao lado do jornalista, e são relatos muito significativos, que exemplificam o grande ser humano que era Boechat.

Anônimos revelam histórias com Boechat

Um dos posts que mais viralizou no Twitter é da critica de cinema Ieda Marcondes. Ela publicou uma foto antiga ao lado de Boechat, que tirou em um aeroporto certa vez em que pegariam o mesmo voo. Com o voo cancelado, ela ficou em apuros para avisar à chefe que não conseguiria chegar ao trabalho, e o jornalista esbanjou cuidado, atenção e solidariedade para ajudar uma pessoa estranha, que sequer conhecia.

"Em 2015, meu vôo foi cancelado e perdi um dia de trabalho. A companhia área não me deu documento algum que eu pudesse levar no trabalho e ter a minha falta abonada. O Boechat estava no vôo, escrevi pra ele pedindo ajuda e ele FOI ATÉ O MEU TRABALHO FALAR COM A MINHA CHEFE".

Outra história que está repercutindo muito foi compartilhada por Jean Massumi. Ele relata que esse encontro foi inesquecível, já que foi em um dos melhores dias da vida dele. Eles se encontraram no cartório de dentro de um hospital na hora de fazer a certidão de nascimento dos filhos. Jean tinha acabado de ganhar o filho Eduardo e o jornalista, sua filha Valentina, que hoje está com 12 anos.

Tenho uma história com ele no momento mais feliz da minha vida: meu filho tinha nascido no dia anterior e fui fazer a certidão de nascimento no serviço de cartório dentro do próprio hospital. Havia 2 pessoas na fila e ele, Boechat, estava bem na minha frente. Ele olhou para mim e falou:"Você tá feliz pra caralho?? Porque eu tô feliz pra caralho!".."Tô muito !!"- respondi. "Como vai se chamar seu filho?" "Eduardo..e o seu?""ah...a minha princesa vai se chamar Valentina.". Ele foi chamado e tinha esquecido a declaração do hospital...ele disse: "PUTA Q PARIU!! Minha mulher vai me matar!!", e saiu correndo. Que ele, a Valentina, a Catarina e toda a família encontrem a paz.

Morte de Boechat