mulher

Planeta regente de 2018 será Júpiter e isso mudará tudo que vivemos no último ano

planeta ceu 1217 1400x800
Aphelleon/iStock

O planeta regente de 2018 será Júpiter, e isso influenciará diretamente nos acontecimentos do ano. Especialistas em astrologia afirmam que a posição dos planetas em relação à Terra nos impacta diretamente, tanto pessoalmente quanto em sociedade.

Júpiter é um planeta que representa sorte, prestígio e também os bens materiais. “Júpiter simboliza a expansão humana e em todos os sentidos: físicos, materiais, espirituais e sociais”, comenta a astróloga Virginia Gaia.

Segundo a especialista, será um ano um pouco mais leve do que foi 2017, e que serão abertas muitas possibilidades. 

Planeta que vai reger 2018

jupiter planeta universo 0417 1400x800
Vadim Sadovski/shutterstock

Para entendermos melhor como essa influência nos afetará, a astróloga explica antes que há uma grande regência, que muda a cada 36 anos – e é baseada na astrologia dos caldeus. "Essa grande regência é de Saturno, que começou em meados de 2017, e vai permanecer até 2052", afirma Virginia Gaia. 

Porém, cada ano tem uma co-regência e, no caso de 2018, será Júpiter. 

Júpiter como regente junto com Saturno

Em 2017 tivemos regência e co-regência de Saturno, que iniciou seu ciclo de 36 anos. "Conhecido por sua rigidez e cobrança, mas ele também traz grandes e transformadoras lições", comenta a especialista.

Basicamente, em 2017 saímos da zona de conforto e tivemos que olhar de frente para nossas responsabilidades, e amadurecemos com o grande mestre que é Saturno.

Em 2018, ainda teremos a grande regência de Saturno, porém, também sentiremos muito forte a energia de Júpiter, o co-regente do ano. 

Influência de Júpiter em 2018

jupiter planeta ceu 1217 1400x800
3quarks/iStock

Teremos um ano de crescimento, isso significa que as decisões que tomar serão potencializadas em sua vida. Será um bom ano para quem quer empreender, arrumar um novo emprego, se casar. "É um ano de expansão. Lembre-se disso. E Júpiter é conhecido como o grande paizão da astrologia. Por isso, tende a ser um período menos denso do que em 2017", garante Virginia. 

Como Júpiter tem a dilatação como uma de suas principais características, é interessante se preparar emocionalmente para isso, pois a expansão deste planeta é direcionada tanto para as coisas boas, quanto para as ruins.

Isso significa que suas feridas podem vir à tona e será preciso encará-las com maturidade.

Energia de 2018

mulher feliz pulando 0916 1400x800
Kar Tr/shutterstock

A astróloga explica ainda que em 2018 o fluxo será propício para assuntos como fé, educação, prosperidade e comércio. 

"São energias que vão mexer com o coletivo e veremos esses desdobramentos na sociedade como um todo", afirma a especialista.

Ela comenta que no cenário político, veremos líderes e governantes carismáticos, estamos de olho no apelo popular. "Questionando mundialmente os governos. Mais prudência na econômica. 36 anos a economia, construir uma coisa de cada vez."

"O ano de Saturno foi de muito trabalho e agora, quem se dedicou terá a possibilidade de colher esses frutos, pois essa é a energia de Júpiter, o maior planeta do sistema solar, prosperidade". 

reza religiao homem 0217 1400x800
4Max/shutterstock

Previsões para 2018 com Júpiter regente

  • Júpiter é o grande protetor, é o regente do bom humor, e é ótimo para quem está questionando sua fé encontrar um novo caminho. 
  • Ainda falando sobre a proteção de Júpiter, ele também favorece os estudos. Bom ano para faculdade, pós-graduação, intercâmbio e concursos e educação no geral. 
  • É, ainda, o planeta regente da compaixão. "Socialmente falando, teremos essa energia da empatia e da caridade, de olhar para o outro", diz Gaia. 
  • Como Júpiter é otimista e busca expansão, é possível que muitas pessoas se empolguem demais e, por isso, acabem desenvolvendo uma certa mania de grandeza. "E quanto maior o salto, maior o tombo", conclui a especialista. 

Como será 2018