7 coisas que os pais podem fazer para ajudar filhos a se tornarem bem-sucedidos

crianca inteligente genio 1017 1400x800
RichVintage / iStock

Todo pai e toda mãe sonha com um futuro confortável e repleto de sucesso para os filhos e, ao contrário do que muita gente imagina, matricular as crianças em escolas caras não é garantia de um futuro brilhante.

Mais importante do que o ensino no colégio é a base que as crianças recebem dentro de casa. Conheça exemplos de coisas simples, mas de grande relevância, que ajudam os filhos a serem bem-sucedidos no trabalho e na vida pessoal.

O que fazer para que seu filho tenha sucesso

pai filhos futebol 0916 1400x800
Halfpoint/Shutterstock

1. Tenha em mente que atos valem mais do que palavras. Portanto, em vez de apenas aconselhar os filhos e transmitir bons valores na teoria, cuide do seu próprio comportamento e verifique sempre se suas atitudes indicam, em um conjunto, um bom modelo para as crianças.

2. Procure estabelecer horários específicos para reunir os filhos e manter a família próxima, como durante o jantar, por exemplo. Se não for possível que todos os membros se sentem juntos em uma refeição diária, tire alguns minutos do dia ou até da semana para realizar a reunião. Sempre, claro, sem TV ou celulares em mãos.

familia comendo reunida 0916 1400x800
wavebreakmedia/shutterstock

3. Permita que seu filho assuma riscos e erros. Não é nada fácil ficar em silêncio ao observar a criança cometendo um equívoco ou experimentando algo que você sabe que não dará certo, mas deixar que ela perceba as falhas contribui muito para o futuro do pequeno.

4. Cuidado para não fazer tudo pelos filhos e, sem perceber, transformar as crianças em adultos preguiçosos ou mesmo incapazes de se virar sozinhos. Estabelecer regras e obrigações a serem cumpridas, como a arrumação do próprio quarto, faz com que seu filho perceba que é capaz de realizar tarefas e ainda cria a noção de responsabilidade.

familia parque cocegas 0916 1697x1131
wundervisuals/istock

5. Seja um pai ou uma mãe presente e não delegue para a escola a função de educar os filhos. No colégio, a criança irá acumular muitos aprendizados, mas não cabe somente à instituição formar a base moral de um ser humano.

6. Se possível, tire seus filhos da “bolha” social em que vivem e permita que eles tenham contato com a diversidade. Um simples passeio em um parque público, por exemplo, já é capaz de fazer com que ele interaja com outras crianças de diferentes universos, algo extremamente importante para a formação do caráter de um indivíduo.

familia cafe manha 1216 1400x800
Geber86/istock

7. Por fim, perceba que educar nem sempre significa ser sério ou rígido. Brincar com uma criança regularmente, contar histórias e realizar outros atos que indicam carinho e atenção são fundamentais para a formação dos pequenos e garante que eles sejam adultos emocionalmente e, quem sabe, até mesmo profissionalmente bem-sucedidos.

Relações familiares