pop

Jared Leto em "Casa Gucci" irritou família: visual grosseiro e atuação ofenderam

jared leto casa gucci montagem 1121 1400x800 0
Tristan Fewings/Getty Images for Metro-Goldwyn-Mayer Studios and Universal Pictures | Youtube/Universal Pictures Brasil

Sucesso de público, o filme "Casa Gucci" colocou o nome da família italiana nos holofotes da imprensa. Mas se você pensa que os herdeiros de Aldo Gucci (presidente da grife de1953 a 1986) gostaram do filme, está MUITO enganado. Todos estão irritados a representação imprecisa dos Gucci e até mesmo com a atuação do elenco — incluindo a de Jared Leto. Saiba mais abaixo!

Família Gucci não aprova Jared Leto em filme

casa gucci 1221 1400x800
Divulgação/IMDB

Em "Casa Gucci", Jared Leto interpreta Paolo Gucci, um dos filhos de Aldo (interpretado por Al Pacino no filme). Falecido em 1995, Paolo foi empresário e designer de moda — suas contribuições criativas incluíram a ideia de criar o famoso logotipo duplo G da Gucci, bem como a marca registrada mocassins.

No entanto, apesar de Leto ter se transformado para dar vida à personalidade, sua atuação desagradou profundamente a família italiana.

Em entrevista à AFP, Patrizia Gucci, uma das filhas de Paolo, disse que todos os seus parentes ficaram chocados com a caracterização de Leto para o longa-metragem. "Horrível, horroroso. Ficamos ofendidos", contou.

casa gucci jared leto 1221 1400x800
Divulgação/IMDB

Logo após a estreia de "Casa Gucci" nos cinemas, os herdeiros da família divulgaram uma nota criticando o filme.

"A produção não se preocupou em consultar os herdeiros antes de descrever Aldo Gucci e o restante dos membros da família Gucci como bandidos, ignorantes e insensíveis ao mundo ao seu redor", diz o comunicado, que foi divulgado pela Variety.

A nota ainda ressalta que a ex-socialite italiana Patrizia Reggiani (interpretada por Lady Gaga) "é retratada não apenas no filme, como também em depoimentos dados por membros do elenco, como uma vítima que tenta sobreviver em uma cultura corporativa machista".

Ao fim do comunicado, os responsáveis ameaçaram entrar com medidas legais para "proteger o nome, a imagem e a dignidade de si próprios e de seus entes queridos".

Mais sobre "Casa Gucci"