pop

"Uma Escola Atrapalhada", com Supla e Angélica, fez 30 anos: como está o elenco

uma escola atrapalhada 1220 1400x800 0
Embrafilme/Renato Aragão Produções Cinematográficas/ZDM Produções Artísticas

Há 30 anos, o Brasil era apresentado a “Uma Escola Atrapalhada”, filme que uniu a nata do entretenimento da TV: estrelado pelos Trapalhões, o elenco contava com Angélica, Supla, Gugu Liberato, grupo Polegar, Dominó, Selton Mello e mais.

A comédia foi a última produção dos Trapalhões antes da morte de Zacarias, que faleceu no início de 1990, e acompanha os alunos da escola Matheus Rose, que corre o risco de ser demolida. Quando uma imobiliária aparece querendo transformar a instituição em um hotel, estudantes e funcionários começam a se desentender e a situação piora com a chegada de um novo grupo misterioso - tudo isso muito de a Netflix sequer sonhar com “Elite”.

E se você perdeu esse clássico dos anos 90, a notícia é ótima: “Uma Escola Atrapalhada” está disponível no VIX Filmes e TV Grátis. Você pode acessar nosso streaming pelo computador ou baixando o app no seu celular (disponível para Android e iOS), tudo de forma segura e sem necessidade de cadastro.

Elenco de “Uma Escola Atrapalhada”

Angélica (Tamí)

uma escola atrapalhada 1220 1400x800 11
Embrafilme/Renato Aragão Produções Cinematográficas/ZDM Produções Artísticas

Uma das apresentadoras mais famosas Brasil -e que dispensa qualquer apresentação-, Angélica ganhou o papel de Tamí, a protagonista de “Uma Escola Atrapalhada”, quando tinha 17 anos de idade. A adolescente espevitada formava um casal inusitado com Carlão, interpretado por Supla.

angelica globo 1019 1400x800
Globo/Victor Pollak

Angélica, aliás, trabalhou com os Trapalhões várias outras vezes no cinema. Além de “Uma Escola”, esteve no elenco de “Heróis Trapalhões”, “Os Trapalhões na Terra dos Monstros” e “Simão, o Fantasma Trapalhão”.

Supla (Carlão)

supla 1220 1400x800 2
Embrafilme/Renato Aragão Produções Cinematográficas/ZDM Produções Artísticas

Em um de seus poucos trabalhos como ator, o papito arrasou na comédia como o bad boy Carlão, par romântico de Angélica. Com o jeito inconfundível, Supla já misturava o sotaque paulistano com o visual punk.

supla 1220 1400x800
Reinaldo Marques/Globo

O herdeiro de Eduardo e Martha Suplicy tem uma longa carreira musical, com dezenas de álbuns e videoclipes e já dividiu o palco com outros grandes artistas, como Rita Lee e Cazuza, além de ter aberto shows dos Ramones. Na televisão, sua aparição mais lembrada foi na primeira edição de “Casa dos Artistas”, no SBT.

Jandira Martini (Alma)

uma escola atrapalhada 1220 1400x800 5
Embrafilme/Renato Aragão Produções Cinematográficas/ZDM Produções Artísticas

A atriz Jandira Martini interpretava uma das administradoras do colégio, Alma, que vivia em pé de guerra com a colega, Cida.

dionisio maria adilia 1220 13400x800 0
Renato Rocha Miranda/Globo

Atriz e autora teatral, Jandira marcou presença em grandes produções da TV, como “Sassaricando”, “O Clone” e “O Fantasma da Ópera”. Seus trabalhos mais recentes foram em “Salve Jorge”, de 2012, e na série “Manual para se Defender de Aliens, Ninjas e Zumbis”, da Warner.

Fafy Siqueira (Cida)

fafy siqueira 1220 1400x800
Embrafilme/Renato Aragão Produções Cinematográficas/ZDM Produções Artísticas

Cida, que vivia com a cabeça nas nuvens, foi interpretada por Fafy Siqueira e dividia a administração da Escola Matheus Rose com Alma.

fafy siqueira show 0320 1400x800
Globo/Paulo Belote

Figurinha carimbada nos humorísticos brasileiros, Fafy tem passagem por programas como “Zorra Total”, “Escolinha do Professor Raimundo” e “A Praça é Nossa”. Mais recentemente, em 2018, esteve em “Tá no Ar” e foi participante do “Popstar”.

Selton Mello

uma escola atrapalhada 1220 1400x800 6
Embrafilme/Renato Aragão Produções Cinematográficas/ZDM Produções Artísticas

Um dos alunos da escola era interpretado por ninguém menos do que Selton Mello, em seu primeiríssimo papel no cinema. Aos 18 anos de idade, o ator já começava a fazer sucesso na dramaturgia e, pouco depois, esteve nas novelas “Pedra Sobre Pedra” e “Tropicaliente”.

o mecanismo 0519 1400x800 4
Pedro Saad/Netflix

Um dos atores brasileiros de maior destaque da geração, Selton tem um longo currículo na frente e atrás das câmeras, como dublador e diretor. Em 2020, protagonizou a série “Sessão de Terapia”, e se prepara para o lançamento da novela “Nos Tempos do Imperador”, em 2021.

Leonardo Brício (Vinagre)

uma escola atrapalhada 1220 1400x800 3
Embrafilme/Renato Aragão Produções Cinematográficas/ZDM Produções Artísticas

No mesmo ano em que interpretou o fortão Vinagre em “Uma Escola Atrapalhada”, Leonardo Brício já fazia sucesso na TV, como parte do elenco de “Tieta” e na minissérie “Na Rede de Intrigas”, da TV Tupi.

leonardo bricio 1220 1400x800
Reginaldo Teixeira/Globo

Leonardo fez novelas como “Éramos Seis”, “Da Cor do Pecado” e Porto dos Milagres”. Mais recentemente, trabalhou com Selton Mello em “O Mecanismo” e, em 2020, estreou na série do Globoplay “Arcanjo Renegado”.

Maria Mariana (Natália)

maria mariana 1220 1400x800 2
Embrafilme/Renato Aragão Produções Cinematográficas/ZDM Produções Artísticas

O filme contava com uma das estrelas queridinhas da TV dos anos 90: a atriz e escritora Maria Mariana, autora de “Confissões de Adolescente”, que interpretou a adolescente Natália no colégio.

maria mariana 1220 1400x800
Globo/Victor Pollak

Apesar de ter atuado em produções como “Sítio do Picapau Amarelo”, “Mulher” e “A Vida Como Ela É…”, Maria Mariana ganhou ainda mais destaque como autora, responsável por duas temporadas de “Malhação” e “A Diarista”.

Ewerton de Castro (Anselmo)

uma escola atrapalhada 1220 1400x800 8
Embrafilme/Renato Aragão Produções Cinematográficas/ZDM Produções Artísticas

Com o papel do vilão Anselmo em “Uma Escola Atrapalhada”, Ewerton de Castro estreou na TV em 1967 como o Visconde de Sabugosa, no “Sítio do Picapau Amarelo”, e fez parte do elenco de várias novelas clássicas depois, como “A Viagem”, “Pantanal” e “Éramos Seis”.

O último trabalho de Ewerton na televisão foi em 2010, na minissérie da Record, “Mordecai”. Hoje, aos 75 anos, se aposentou e mora nos Estados Unidos.

Renato Aragão

uma escola atrapalhada 1220 1400x800 9
Embrafilme/Renato Aragão Produções Cinematográficas/ZDM Produções Artísticas

Além de atuar, Didi também foi produtor de “Uma Escola Atrapalhada” com a Renato Aragão Produções - que apareceu na abertura de vários filmes dos Trapalhões desde os anos 70.

renato aragao 0419 1400x800
Globo/João Cotta

Em 2020, Renato Aragão anunciou sua saída da Globo após 44 anos, mas já avisou que isso não significa aposentadoria. “Tenho em minha vida pessoal e profissional a fluidez e equilíbrio, vou onde meu público espera que eu esteja e melhor ainda, onde não esperam, pois sempre gostei e gosto de surpreendê-los, e não será diferente nessa nova fase”, disse.

Dedé Santana

uma escola atrapalhada 1220 1400x800 10
Embrafilme/Renato Aragão Produções Cinematográficas/ZDM Produções Artísticas

Grande dupla de Didi, Dedé Santana praticamente não ficou fora das telas desde que estreou com os Trapalhões, em que sempre interpretava o membro mais “sério” e o cérebro do grupo.

dede santana 1220 1400x800
Estevam Avellar/Globo

Aos 84 anos, Dedé teve sua aparição mais recente na televisão em 2018, na série ”Treme Treme”, do canal Multishow. Um pouco antes, em 2017, atuou ao lado de Didi novamente em um especial dos Trapalhões exibido pela Globo.

Grupo Polegar

uma escola atrapalhada 1220 1400x800 1
Embrafilme/Renato Aragão Produções Cinematográficas/ZDM Produções Artísticas

“Uma Escola Atrapalhada” contou ainda com a boyband sensação da década de 90 e trouxe os quatro membros do Polegar: Alan Frank, Alex Gill, Ricardo Costa, Rafael Ilha e Marcelo Souza.

Rafael Ilha

Integrante do Polegar mais presente na mídia, Rafael Ilha fez carreira como participante de realities: venceu “A Fazenda 10”, já esteve no "Power Couple Brasil” e, em 2020, no “Troca de Esposas”, da Record.

Alan Frank

Depois do Polegar, Alan Frank mudou completamente de área profissional. O cantor começou a estudar medicina enquanto ainda estava na banda e, mais tarde, se especializou em oftalmologia. Hoje, é dono de uma clínica médica.

Ricardo Costa

O baterista do grupo também mudou de profissão após o fim do Polegar. Bacharel em Direito, Ricardo trabalha como chef de cozinha hoje em dia e foi dono de um food truck.

Alex Gil

Compositor e multi-instrumentista, Alex Gil segue na carreira musical. Em 2018, lançou o álbum “Começar do Zero” e atualmente trabalha como produtor de gravação, arranjo e trilhas sonoras.

Artistas que já nos deixaram

Gugu Liberato (Chopin Luis)

uma escola atrapalhada 1220 1400x800 7
Embrafilme/Renato Aragão Produções Cinematográficas/ZDM Produções Artísticas

“Uma Escola Atrapalhada” rendeu ainda um crossover entre Globo e SBT ao reunir os Trapalhões com Gugu Liberato. No filme, o apresentador interpretou o professor de música da escola, Chopin Luis.

final canta comigo gugu liberato 1219 1400x800 2
Reprodução/PlayPlus

Gugu e os Trapalhões trabalharam juntos em vários outro filmes, como “Os Fantasmas Trapalhões” e “O Noviço Rebelde”. Mas nem é preciso dizer que foi à frente do “Domingo Legal” que o apresentador ficou eternizado - sua morte trágica, no final de 2019, comoveu o Brasil.

Mussum

uma escola atrapalhada 1220 1400x800 4
Embrafilme/Renato Aragão Produções Cinematográficas/ZDM Produções Artísticas

Antônio Carlos Bernardes Gomes, conhecido como Mussum, marcou a história do humor no Brasil com seus vários bordões. Ator e músico, o artista faleceu em 1994, aos 53 anos, vítima de complicações de saúde após um transplante de coração.

Zacarias

uma escola atrapalhada 1220 1400x800 2
Embrafilme/Renato Aragão Produções Cinematográficas/ZDM Produções Artísticas

Integrante mais caricato dos Trapalhões, Mauro Faccio Gonçalves, o Zacarias, não chegou a ver “Uma Escola Atrapalhada” finalizado e faleceu aos 56 anos, durante a fase de pós-produção do longa. O comediante passou seus últimos dias de vida internado e morreu por insuficiência respiratória.

Clássicos da Sessão da Tarde