pop

Códigos decifrados em "Enola Holmes" são reais: 5 curiosidades dos bastidores do filme

enola holmes netflix 0620 1400x800 1
Netflix

Um dos principais lançamentos de 2020, "Enola Holmes" é uma das apostas da Netflix. O filme traz a história da irmã mais nova da família Holmes, composta pelo ilustre Sherlock e Mycroft.

Repleta de códigos e mistérios, a trama mostra uma nova face da vida familiar de um dos detetives mais famosos da história, no entanto, dando destaque apenas à sua irmã mais nova - e tão brilhante quanto ele.

Desde fatos inspirados da realidade da época até a produção do filme, confira as 5 curiosidades dos bastidores de "Enola Holmes".

5 fatos dos bastidores de "Enola Holmes"

Códigos nos jornais

enola lorde enola holmes 1400x800 0920
ALEX BAILEY/LEGENDARY ©2020

Uma das formas que Enola (Millie Bobby Brown) encontrou para se comunicar com sua mãe desaparecida foi anunciar mensagem codificadas nos jornais diários de Londres, na Inglaterra.

Da mesma forma, Sherlock (Henry Cavill) utilizou este método para marcar um encontro com a irmã mais nova. Algo curioso é que na Era Vitoriana, por volta de 1837 a 1901, esta era uma prática comum para a população.

Entre mensagens escondidas nos classificados e declarações de amor, as pessoas anunciavam seus textos, grande parte deles de maneira discretas, usando códigos, assim como os representados no filme.

Além de mensagens confidenciais, era algo comum anunciar declarações de amor, já que na época demonstrações de afeto em público não eram consideradas de bom tom.

Mesmo universo, mas de outro livro

enola holmes netflix 0620 1400x800 2
Netflix

Apesar de estar dentro do universo de Sherlock Holmes, o maior detetive da literatura, criado por Sir Arthur Conan Doyle, a história de Enola é baseada em outro livro, “Os Mistérios de Enola Holmes – O Caso do Marquês Desaparecido”, de Nancy Springer.

Lançada em 2006, a publicação tira completamente o destaque do detetive e conta a história retratada no filme, de uma adolescente de 14 anos que parte em busca de sua mãe desaparecida.

Produção - nem tão - original da Netflix

enola holmes filme 0920 1400x800 2
ROBERT VIGLASKI/LEGENDARY ©2020

Apesar de ter sido lançada como um original do streaming, o filme não foi produzido pela Netflix. Feito pela Warner, a pretensão do estúdio era lançar o longa-metragem nos cinemas.

No entanto, a pandemia de Covid-19 impossibilitou o lançamento de novos filmes em salas de exibição. Desta forma, a Netflix viu a oportunidade de comprar uma grande produção, que já estava pronta para seu lançamento.

Processo dos herdeiros

enola sherlock holmes 1400x800 0920
ALEX BAILEY/LEGENDARY ©2020

Ao que tudo indica, os herdeiro de Sir Arthur Conan Doyle não ficaram nada felizes com a produção. Apesar de o autor escocês ter falecido em 1930, seus parentes continuaram cuidando de seus interesses e da imagem dos personagens criados por ele.

Mesmo Henry Cavill tendo tido uma atuação repleta de elogios e comentários positivos, os herdeiros do autor decidiram processar a Netflix por atribuir um "sentimentalismo exacerbado" ao detetive.

Diante dos direitos autorais, de acordo com os representantes do processo, as únicas características de Sherlock Holmes que estão em domínio público - e podem ser usadas - são as mais conhecidas, sua racionalidade e mente analítica.

Produtora aos 16 anos

enola holmes netflix 0620 1400x800 3
Netflix

Além de ganhar o protagonismo no filme, Millie Bobby Brown, que ganhou o mundo ao ser lançada em "Stranger Things" - também disponível no streaming -, teve participação como produtora do longa.

Ao lado de sua irmã Paige Brown, com apenas 16 anos a atriz assinou seu nome na produção, sendo esta a terceira vez, visto que assinou “The Girls I’ve Been” e “A Time Lost”, ambos da Netflix.

Para assistir na Netflix