pop

De animação a drama: 8 filmes originais da Netflix que são dignos de Oscar

filmes da netflix 0220 1400x800
IMDB

Depois de se firmar como grande distribuidora e criadora de séries de sucesso, a Netflix passou a investir pesado na produção de longas-metragens dirigidos por diretores de prestígio e protagonizados por atores do primeiro escalão de Hollywood.

Elogiados pela crítica especializada e premiados internacionalmente, os filmes originais da plataforma de steaming hoje já deixam sua marca na indústria do cinema. Confira alguns filmes da Netflix que são dignos de Oscar e que você pode ver sem sair de casa:

Filmes da Netflix que são ótimos

“O Irlandês”

Produzido e dirigido pelo mestre Martin Scorsese, o longa relata o caso de um sindicalista com ligações com o crime organizado que, pouco antes de morrer, confessou ter assassinado Jimmy Hoffa, desaparecido em 1975. O filme, indicado a dez Oscar, é estrelado por Robert De Niro, Al Pacino e Joe Pesci, em atuações memoráveis.

“Roma”

Com uma belíssima fotografia em preto e branco, o filme ganhou 3 dos 10 prêmios Oscar a que foi indicado em 2019. Escrito e dirigido por Alfonso Cuarón, o drama que se passa nos anos 1970 mostra a vida de uma empregada doméstica de família de classe média e seu título faz referência à Colonia Roma, um distrito localizado em Cuauhtémoc, no México.

“Ícaro”

Vencedor do Oscar de Melhor Documentário e aclamado pela crítica, a obra polêmica retrata como a Rússia desenvolveu um programa de doping olímpico patrocinado pelo próprio estado. Com ritmo acelerado, o documentário parece até um emocionante thriller de suspense.

“História de um Casamento”

Estrelado por Scarlett Johansson e Adam Driver, o filme conta a história de um jovem casal em processo de separação. As brigas e a dura batalha para preservar emocionalmente o filho durante o divórcio são mostradas de forma bastante honesta e emocionante. O longa recebeu seis indicações ao Oscar, incluindo o de Melhor Filme, e rendeu a Laura Dern o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante.

“Indústria Americana”

Produzido pela companhia Higher Ground, de Michelle e Barack Obama, ex-presidente dos Estados Unidos, o documentário premiado com o Oscar mostra como um bilionário chinês usa um terreno abandonado na cidade de Ohio para construir sua própria empresa no local e, assim, realizar uma grande mudança no cenário industrial norte-americano.

“Okja”

Visualmente fascinante e até mesmo excêntrico, o filme foi uma das mais ousadas investidas da Netflix na produção de longas-metragens. Estrelado por Tilda Swinton, Paul Dano, Ahn Seo-hyun, e Jake Gyllenhaal, a obra chamou a atenção dos críticos e competiu pela Palma de Ouro no Festival de Cinema de Cannes de 2017.

“Perdi Meu Corpo”

Indicado ao Oscar de Melhor Animação, o filme é uma pequena preciosidade no catálogo da Netflix. Produzida pela França, a obra conta a inusitada história de uma mão decepada que escapa de um laboratório médico para iniciar uma jornada para voltar ao seu corpo, que pertencente a um jovem que sonhava em ser pianista e astronauta.

“Dois Papas”

Dirigido pelo brasileiro Fernando Meirelles, o filme produzido pela Netflix retrata um encontro fictício entre duas pessoas reais: Joseph Ratzinger quando ainda ocupava o posto de Papa, como Bento 16, e Jorge Mario Bergoglio, quando ainda era cardeal, antes de ser o Papa Francisco. No Oscar de 2020, foi indicado a três categorias: Melhor Ator (Jonathan Pryce), Melhor Ator Coadjuvante (Anthony Hopkins) e Melhor Roteiro Adaptado.

Filmes para ver na Netflix